Em homenagem ao legado de Cadu Barcellos, amigos e familiares organizam o “Voa Cadu” na Maré

A programação da iniciativa incentiva o lado cultural e artístico que eram sinônimos do diretor e roteirista morto no ano passado

Foto: ReproduçãoFoto: Reprodução

Há um ano, a violência e insegurança pública pelas ruas do Rio de Janeiro atingia uma das potências mais brilhantes nas comunidades cariocas: o cineasta Cadu Barcellos.

Aos 34 anos, o diretor e roteirista do filme “Cinco vezes favela – Agora por nós mesmo” e um dos criadores do coletivo Maré Vive, uma mídia comunitária do bairro onde cresceu, foi vítima de um latrocínio no Centro da cidade do Rio, enquanto retornava para casa.

Após um ano de sua morte, para manter vivo o seu legado na produção audiovisual e nas pautas comunitárias, familiares e amigos organizam, a partir desta quarta-feira (10), o evento “Voa Cadu”, que acontece pelas localidades do Complexo da Maré.

Com ações e iniciativas focadas no lado cultural e artístico, como a elaboração de grafites em muros, o ato em homenagem a Cadu segue até o dia 13 de novembro.

Abaixo, confira a programação completa com horários e endereços dos eventos.

Em homenagem ao legado de Cadu Barcellos, o evento reúne ações culturais e artísticas.
Foto: Reprodução.