Favelas recebem guarda-roupas solidários do Sesc RJ

Moradores cadastrados no projeto podem trocar peças de roupas usadas em vestuário

O Complexo do Alemão, na zona Norte, e a Cidade de Deus, na zona Oeste do Rio, receberam esta semana duas unidades do projeto Guarda-Roupa Solidário Sesc RJ. A iniciativa leva às favelas araras e prateleiras de roupas e os moradores cadastrados podem deixar o que não usam mais e retirar o que precisam.

Na Cidade de Deus, o projeto está no Espaço Social Quilombo. Em janeiro, a comunidade receberá um segundo ponto no Centro Educacional Criança Futuro e Adolescente. Já no Complexo do Alemão, o Guarda-Roupa Solidário está no Instituto Emergência Social

As araras, cabides e prateleiras foram feitas com canos de PVC, materiais descartados de piscinas, caixas de papelão e caixotes de madeira. Foto: divulgação

Segundo a assessoria do Sesc RJ, profissionais da organização capacitarão agentes nas comunidades para conduzir o projeto e ampliá-lo de acordo com as necessidades de cada localidade. Eles receberão orientações de como cadastrar os usuários, utilizar os equipamentos, formar redes de trocas, mobilizar doadores, entre outros. O projeto também prevê oficinas e treinamentos diversos, como de reparos de roupas e de construção de guarda-roupas com material reciclável.

Para fazer doações ao projeto Guarda-Roupa Solidário, basta entrar em contato com o Sesc RJ através do e-mail [email protected].