Moradores do Alemão adotam nova rotina de cuidados com a saúde

Com todas essas opções não tem desculpas para ficar em casa dando espaço para o sedentarismo

Moradores do Alemão adotam nova rotina de cuidados com a saúde

Priorizando qualidade de vida e dando adeus ao sedentarismo nesse período de pandemia, moradores encontram dentro e no entorno do Complexo do Alemão novas opções para fazer exercícios ao ar livre, seja sozinho ou coletivamente.

Uma nova rotina diária está tomando conta da vida dos moradores do Complexo do Alemão. Com uma opção mais barata e mais segura nesse período de pandemia, moradores optaram por fazer atividades físicas ao ar livre, explorando diversos espaços dentro e fora da favela.

Segundo a profissional de educação física os moradores podem começar por pequenos hábitos que já vão notar uma melhora na qualidade de vida. Créditos: Vilma Ribeiro

Nesse período em que os moradores estiveram em isolamento social, é comum alguns transtornos por conta da ansiedade por respostas às frustrações do confinamento: desemprego, fakenews, falta de dinheiro, futuro, estado emocional… Tudo está sendo afetado e, inevitavelmente, algumas pessoas tendem a descontar na comida. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), mais da metade da população brasileira está acima do peso, sendo que um em cada cinco brasileiros tem obesidade. São pessoas que correm potencialmente mais risco nestes tempos de coronavírus.

Somente na fase 3, que começou no dia 2 julho, as academias foram liberadas pela prefeitura do Rio, desde que respeitando as regras definidas. Mas, a liberação acabou gerando muitas polêmicas entre infectologistas porque academias são ambientes fechados e têm circulação e aglomeração de muitas pessoas.

Rio Faria Timbó, altura da Av. Itaoca terminando na Adhemar Bebiano uma opção muito utilizada pelos moradores. créditos: Vilma Ribeiro

Logo ao raiar do dia é comum encontrar diversos moradores fazendo caminhada em volta do rio Faria Timbó pela Itaoca e fazendo a volta pela Adhemar Bebiano. Mesmo não tendo uma ciclovia nem passagem de pedestres, esse virou um ponto certo. Outro local com muitos moradores se exercitando é o ponto da Adhemar Bebiano na altura da Escola Municipal Lauro Sodré até a praça de Inhaúma. Para os mais acostumados com exercícios pesados, o caminho da avenida Pastor Martin Luther King Júnior, do metrô de Inhaúma até Thomaz Coelho, tem sido um trecho bem procurado pelos moradores.

Academia ao ar livre em frente aos prédios da Poesi . Créditos: Vilma Ribeiro

Mas para quem prefere fazer exercício coletivo, o lugar mais frequentando é o estacionamento de um mercado que fica na av. Itaoca. Seja pela manhã ou à noite, sempre tem um grupo de pessoas se exercitando ali. Outro espaço que está sendo bem frequentado é a academia ao ar livre que fica nos prédios da antiga fábrica da Poesi.

Para a profissional de Educação Física Amanda Becker, fazer exercícios ao ar livre melhora o condicionamento físico e a qualidade de vida dos moradores: “Para sair do sair do sedentarismo as pessoas não precisam necessariamente entrar na academia e nem praticar um esporte, elas podem começar por pequenos hábitos e já notar uma melhora na qualidade de vida. Por conta da pandemia muitos moradores optaram por ter novos hábitos, seja na caminhada, corrida, funcional, pular corda, alongamento, individual ou coletivamente. Mas a pandemia ainda está ai, por isso é muito importante que esses exercícios sejam ao ar livre e que as pessoas adotem esses hábitos que além de fazer bem ao corpo, fazem muito bem para saúde mental”.

Quadra do Loteamento da Nova Brasília tem funcional coletiva. Créditos: Vilma Ribeiro

Outro espaço bem conhecido e frequentado por moradores é a Vila Olímpica Carlos Castilho. Além das atividades oferecidas, o espaço é perfeito para as atividades ao ar livre. Já quem se sente mais seguro com um profissional do lado, na quadra do Loteamento da Nova Brasília tem um funcional com profissional de Educação Física para auxiliar nos exercícios. E para finalizar, é possível fazer atividades físicas na quadra da Castrol, que também tem alguns profissionais oferecendo atividades ao ar livre, tanto na dança como no funcional.

Estacionamento do mercado na Av. Itaoca seja de dia ou a noite, os moradores estão fazendo caminhada no local. Créditos: Vilma Ribeiro

Com todas essas opções não tem desculpas para ficar em casa dando espaço para o sedentarismo. Aproveite esse momento para fazer como moradores do Alemão e invista no seu bem mais valioso: a saúde.