Movimento União Comunitária e Nestlé distribuem 8 mil potes sorvetes às crianças nas favelas

Na primeira etapa 100 caixas de sorvetes foram destinadas para cada comunidade

Movimento União Comunitária e Nestlé distribuem 8 mil potes sorvetes às crianças nas favelas

Na última segunda-feira (17/06), o Movimento União Comunitária deu início a um festival de sorvete nas favelas da cidade, em parceria com a Nestlé, a Agência Integrada e Renovar e a distribuidora de sorvetes Froneri Brasil. A primeira etapa do projeto atendeu 12 comunidades levando 8 mil potes de sorvetes à crianças. A ação pretende ser um momento de alegria para os moradores em meio a tantos problemas.

José Mário Hilário do Santos, de 59 anos, presidente há 6 anos da Associação de Moradores do Santa Marta, e também presidente da União Comunitária, falou da importância do projeto que foi iniciado no dia 17/06 nas comunidades do Parque da Cidade na Gávea, Cantagalo, Chapéu Mangueira, Babilônia, Tabajaras Cabritos, Comunidade Imperador na Urca, Prazeres, Chácara Vilar da Saudade, Comunidade Unidas, Salgueiro, Morro do Borel e Morro da Formiga.

José Mário Hilário do Santos é o presidente da Associação de Moradores do Santa Marta. Foto: acervo pessoal

“Eu vejo um momento que os governantes, municipais ou estaduais, não têm feito quase nada pelas favelas do Rio, e as lideranças comunitárias que estão correndo atrás e assumindo o papel deles, de buscar itens básicos que os moradores necessitam. As favelas se encontram em situações muito complicadas,e a Nestlé nessa parceria vem nos ajudando a levar um pouco de “esperança” e dignidade as crianças das favelas, elas merecem esse pequeno momento de alegria, já basta todo o sofrimento das ausências de seus direitos, que não acontecem no dia a dia”    

A primeira etapa do projeto atendeu 12 comunidades. Foto: reprodução

A Nestlé vem auxiliando hospitais do Rio, a rede da Comlurb, quartéis de bombeiros e instituições de apoio a moradores de rua, tendo em vista isso o vice-presidente da União Comunitária, Reinaldo Reis, buscou a parceria junto aos representantes da empresa, para que a favela também fosse ajudada nesse período de pandemia do novo coronavírus. Na próxima segunda-feira (22/06), outras favelas de diferentes regiões da cidade serão contempladas com o Festival de Sorvete.

A União Comunitária surgiu em 2014 no Santa Marta, que fica na zona Sul da cidade, com o principal objetivo de fortalecer as associações de moradores, levando conhecimento e a busca pela igualdade de direitos, em prol de  fortalecer as lutas da favela contra um sistema que as oprime. Também visa melhorar a qualidade vida do morador junto ao poder público, atuando hoje em aproximadamente 30 comunidades. Todas as comunidades da zona Sul fazem parte da União.

União Comunitária. Foto: reprodução