No Alemão, esteticista ajuda mulheres a se profissionalizarem

Gilmara foi julgada por ensinar suas técnicas para outras mulheres, mas ela afirma que tem espaço para todas e o conhecimento é para ser compartilhado

No Alemão, esteticista ajuda  mulheres a se profissionalizarem

Gilmara Felipe de Azevedo, de 29 anos, moradora do Complexo do Alemão, sempre teve o sonho de ser esteticista (profissional responsável pela realização de procedimentos corporais que visam saúde e bem estar da clientela). O maior desejo dela era ter um espaço para cuidar de suas clientes, já que os atendimentos eram a domicilio.

Pensando em uma forma de ter seu próprio negócio, Gilmara começou a vender bolo em pote para juntar dinheiro e comprar material para trabalhar e investir no seu sonho. E em pouco tempo conseguiu inaugurar seu próprio local de atendimento: o espaço Gilmara, que fica no Mirante da Alvorada.

Gilmara começou a vender bolo em pote, para juntar dinheiro/ Créditos: Vilma Ribeiro

“Realizei meu sonho tem pouco tempo, dois meses precisamente, mas já trabalhava atendendo as meninas na minha casa ou a domicílio. Eu estou feliz e sinto amor em ver minhas clientes saindo com a autoestima lá em cima. E eu poder olhar nos olhos delas é ver o quanto estão felizes, porque eu tenho a certeza que fiz um ótimo trabalho, meu maior sonho, e eu já estou vivendo ele a cada dia, que abro meu espaço”.

Ela relembra de cada detalhe com muita emoção e destaca todo o apoio que teve do esposo e da sua família para a construção do seu sonho: “Meu esposo Jefferson foi a base de tudo isso que está acontecendo em minha vida, pois mesmo com todo os meus esforços não conseguiria sozinha a reformar da loja que ele fez toda. Agradeço também ao meu irmão Renato, que sempre esteve me ajudando todas as noite na reforma”.

Além de atendimento ao cliente, Gilmara ensina técnicas de depilação e extensão de cílios/ Créditos :Vilma Ribeiro

A esteticista fala sobre não ter medo de se arriscar e da vontade que tem de compartilhar seus conhecimentos. Além de atender suas cliente, Gilmara utiliza seu espaço para aplicar diversos cursos na área da estética.

“No início comecei a ensinar depilação e depois técnicas de extensão de cílios. Muitos me julgaram, o que eu estava fazendo, falaram que eu era loucura, de ensinar e abrir concorrências. Não vejo por esse lado, pois o mundo é grande, tem espaço para nós todas, e eu incentivo cada uma que já foi minha aluna a investir mais e mais”.

Além dos cursos e atendimentos estéticos, o espaço Gilmara também vende produtos eróticos e lingerie. É praticamente o universo da beleza acessível a todas as moradoras.