Prefeitura do Rio anuncia criação de projetos de reciclagem em favelas

Os Centros de Apoio para a Reciclagem (CAR) tentarão amenizar os impactos do lixo nas favelas, além de gerar emprego e renda para moradores em maior vulnerabilidade social

Prefeitura do Rio anuncia criação de projetos de reciclagem em favelas

Foto: Reprodução

A prefeitura do Rio, sob o comando de Eduardo Paes (DEM), sancionou na última quarta-feira (06) uma lei que cria projetos de reciclagem em favelas cariocas. Um dos objetivos principais é gerar emprego e renda para moradores de maior vulnerabilidade social. Além disso, auxiliar na questão de conscientização da população com o lixo.

O lixo é um dos grandes problemas em inúmeras comunidades da cidade do Rio. Além dos meios públicos não darem conta da demanda nas favelas, a falta de compreensão dos moradores sobre como cuidar melhor do seu lixo agrava a situação. Com isso, a Prefeitura do Rio resolveu criar o Centro de Apoio para a Reciclagem (CAR), para tentar melhorar esta situação.

Uma das razões que motivou a criação desse projeto foi devido às fortes chuva dos primeiros dias do ano. A praia de São Conrado, na Zona Sul, por exemplo, acumulou uma quantidade de lixo (onde a maioria desceu, principalmente, da favela da Rocinha).

De início, o projeto pretende começar com pequenos pontos de reciclagem em comunidades. São estes a própria Rocinha, Cidade de Deus e Antares, ambas essas na Zona Oeste, além do Complexo da Maré, Zona Norte. Em seguida deve se estender para outras comunidades da cidade.