Sirenes são acionadas em comunidades devido à chuva forte

As sirenes foram acionadas na Rocinha, Zona Sul, e no Morro da Formiga, na Tijuca, Zona Norte

Sirenes são acionadas em comunidades devido à chuva forte

O primeiro dia da primavera, terça feira (22), começou com fortes chuvas em vários pontos do Rio de Janeiro. Com isso, a tensão aumenta para os moradores de comunidades que sofrem com risco geológico em períodos de chuva intensa.

A Subsecretaria de Proteção e Defesa Civil, subordinada à Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), informou que na manhã desta terça-feira (22) as sirenes foram acionadas na Rocinha, na Zona Sul, e do Morro da Formiga, na Tijuca, Zona Norte. Os acionamentos foram feitos às 8h10 e 10h40, respectivamente, e permanecem enquanto houver risco de deslizamento.

O Sistema de Alerta e Alarme Comunitário para Chuvas Fortes da Prefeitura do Rio monitora 103 comunidades de alto risco geológico. As sirenes são acionadas em caso de chuva forte e intensa para alertar aos moradores em área de risco para, se necessário, sair do local e buscar uma área segura.

Parte de uma casa desaba no Morro da Formiga

Devido à chuva forte, parte de uma casa desabou na localidade conhecida como Niteroizinho no Morro da Formiga. De acordo com os moradores, a casa é abandonada e está vazia. Felizmente, ninguém ficou ferido. Moradores confirmaram que a sirene está tocando na comunidade.

Desaba parte de uma casa abandonada no Morro da Formiga. Foto: morador

Chuva intensa na Rocinha

Sete sirenes foram acionadas na Rocinha devido a forte chuva de hoje (22). Em um vídeo feito por um morador e publicado no Instagram do Jornal Fala Roça, mostra a cachoeira formada pela grande quantidade de água que desce na escadaria conhecida como Escadão da Vila Verde.