Complexo do Alemão tem mais de mil casos suspeitos de coronavírus

A Clínica da Família Zilda Arns, que atende a 15 territórios no Complexo do Alemão, lançou na tarde deste domingo 19/4, o painel com dados de notificação de casos suspeitos

Complexo do Alemão tem mais de mil casos suspeitos de coronavírus

A Clínica da Família Zilda Arns, que atende a 15 territórios no Complexo do Alemão, lançou na tarde deste domingo 19/4, o painel com dados de notificação de casos suspeitos do novo Coronavírus. A atualização realizada às 19h30 mostra que 804 pacientes atendidos na Clínica da Família estão com suspeita da doença. Na região ao redor da Nova Brasília, por exemplo, se concentram pelo menos 59 casos suspeitos. Além da Zilda Arns, o Complexo possui mais 5 unidades de saúde.

O painel é uma iniciativa de médicos preceptores e residentes, com o objetivo de trazer informações atualizadas sobre o trabalho que tem sendo feito na região. De acordo com funcionários da clínica, na última semana, entre 50 e 70 pessoas deram entrada na unidade por dia com sintomas da COVID-19. A previsão é que nos próximos dias os casos suspeitos superem o número de 100 por dia. 

Atenção aos sintomas da COVID-19, a doenças causada pelo novo Coronavírus: Dor de cabeça, dor no corpo, coriza, febre alta, diarreia, tosse seca e dificuldade para respirar. É possível sentir apenas um dos sintomas, vários sintomas ou até não apresentar sintoma algum. Os principais são febre, tosse seca e dificuldade para respirar.

Você pode acompanhar o painel da Clínica da Família Zilda Arns clicando aqui.

Para informações atualizadas sobre o coronavírus das favelas, basta clicar aqui para ver o Painel de Atualização de Coronavírus nas Favelas do Rio de Janeiro, criado pelo Voz das Comunidades.

Deixe comentário