Rocinha tem 2 mortos em menos de 24h por suspeita da coronavirus

Quando os primeiros casos de Coronavírus foram noticiados ao redor do mundo, o medo chegava junto com as informações. Quem carece do Estado em dias normais já temia a possibilidade

Rocinha tem 2 mortos em menos de 24h por suspeita da coronavirus

Quando os primeiros casos de Coronavírus foram noticiados ao redor do mundo, o medo chegava junto com as informações. Quem carece do Estado em dias normais já temia a possibilidade da pandemia atingir zonas periféricas.  

Na última segunda-feira duas mortes por suspeita de coronavírus foram confirmadas na UPA da Rocinha: Antônio Edson Mesquita Mariano, de 67 anos e Maria Luiza Santana do Nascimento, de 70 anos. Mariano, como era chamado, tinha em seu histórico de saúde Diabetes tipo 2 e Hipertensão arterial sistêmica, doenças preexistentes que, além da idade, o colocavam no grupo de risco. 

Dados do Ministério da Saúde apontam que o avanço da doença está acelerado: foram 25 dias desde o primeiro contágio confirmado até os primeiros 1.000 casos (de 26 de fevereiro a 21 de março). Outros 2.000 casos foram confirmados em apenas seis dias (de 21 a 27 de março) e quase 3.000 casos de 27 a 31 de março, quando a contagem acumulada bateu quase 6.000 infectados.

Casos como o de Mariano e Maria Luiza nos alertam para reforçar a importância dos cuidados para a prevenção e também para que a quarentena seja respeitada para que outras vidas não sejam levadas pela doença. Durante todo o período de pandemia o Voz das Comunidades continuará fazendo a cobertura de novos casos do novo Coronavírus em suas redes sociais e pelo portal de notícias.

Deixe comentário