Favelas do Rio registram 37 novos casos e 3 mortes de Covid-19 neste sábado (16/01)

Ao todo, nas 25 favelas do Rio que o Voz das Comunidades acompanha, 10.368 moradores já foram infectados e o número de mortes devido ao coronavírus chegou a 1.000.

Favelas do Rio registram 37 novos casos e 3 mortes de Covid-19 neste sábado (16/01)

De acordo com o Painel de Atualização de Coronavírus nas Favelas do Rio de Janeiro, criado pelo Voz das Comunidades, foram registrados 37 novos casos e 3 mortes confirmados nas favelas do Rio de Janeiro nas últimas 24h. Ao todo, nas 25 favelas do Rio que o Voz das Comunidades acompanha, 10.368 moradores já foram infectados e o número de mortes devido ao coronavírus chegou a 1.000.

16/01/2021:

37 novos casos confirmados:

1 caso na Rocinha
1 casos na Cidade de Deus
1 caso na Mangueira
2 casos em Manguinhos
2 casos em Vigário Geral
3 casos no Complexo da Maré
3 casos no Caju
3 casos na Gardênia Azul
3 casos no Vidigal
5 casos no Jacarezinho
13 casos no Jacaré

3 novos óbitos:

1 óbito no Jacarezinho
1 óbito na Cidade de Deus
1 óbito no Complexo da Maré

Entenda como funciona a contagem dos casos de Covid-19 que são registrados no Painel Voz das Comunidades

FONTE DAS INFORMAÇÕES SOBRE OS CASOS CONFIRMADOS E ÓBITOS CONFIRMADOS

Os dados começaram a ser atualizados no dia 10/04/2020 e o Painel é atualizado a partir de informações da Prefeitura do Rio de Janeiro e Governo Estadual do Rio de Janeiro, Clínica da Família Zilda Arns, Clínica da Família Pavão-Pavãozinho e Cantagalo, Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria – ENSP, Clínica da família Victor Valla, Clínica da Família Maria do Socorro Silva e Souza, Clínica da Família Valter Felisbino de Souza, Unidade de Saúde da Familia João Candido, Clínica da Família Anthídio Dias da Silveira, Clínica da Família Rinaldo De Lamare e Cms Dr Albert Sabin.

O Voz das Comunidades mudou no dia 11/07/2020 a metodologia de busca os dados. Antes, a contagem era feita através dos dados do painel feito pela prefeitura, agora os dados são computados através do CEP, divulgado pelo data.rio.

FONTE DAS INFORMAÇÕES SOBRE OS RECUPERADOS
Prefeitura do Rio de Janeiro