2 pessoas foram baleadas e 1 criança de 6 anos foi atingida por estilhaços no Alemão

Uma pessoa chegou na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) sem vida.

2 pessoas foram baleadas e 1 criança de 6 anos foi atingida por estilhaços no Alemão

Na tarde desta sexta-feira (29) os moradores da localidade da Praça do Cruzeiro, no Complexo do Alemão, Zona Norte do Rio, foram surpreendidos com muitos tiros.

Segundo moradores, não houve confronto e os tiros partiram dos policias. Miguel, de 6 anos, estava ao lado da mãe e da avó, quando levou um tiro de estilhaços na costela.

Miguel foi levado para o hospital Getúlio Vargas, na Penha, mas não corre risco de morte.

Mais duas pessoas também foram atingidas, e uma morta.

tiros miguel
Miguel de 6 anos levou um tiro de raspão nas costelas. Foto: Voz das Comunidades

Uma pessoa foi socorrida e levada de kombi para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas ao chegar no local já estava sem vida.

Foto: Vilma Ribeiro/ Voz das Comunidades

” Estava tudo calmo, não tinha confronto. Do nada, eles (policiais) começaram a atirar. Os moradores pediram para parar, começamos a gritar, tem crianças! Tinha uma gestante do meu lado, minha mãe idosa começou a passar mal” relatou uma moradora que prefere não se identificar.

Em nota a Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado de Polícia Militar informa que: “Na tarde desta sexta-feira (29/01), equipe da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Nova Brasília, no Complexo do Alemão, teve sua base atacada com disparos e granada em reação à intensificação do policiamento na região. Houve confronto. E que até o momento, não há registro de criança ferida nesta ocorrência. Um indivíduo deu entrada na UPA conduzido por populares já em estado de óbito. Junto a ele foram arrecadados um carregador de pistola com munições e uma motocicleta produto de roubo.”

A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia de Homicídios da Capital.