Academia de dança Valéria Martins transforma a vida de crianças e jovens da Cidade de Deus

Hoje a companhia acolhe 105 crianças e a professora ainda tenta ajudar os alunos com cestas básicas

Academia de dança Valéria Martins transforma a vida de crianças e jovens da Cidade de Deus

Foto: Reprodução

A professora de dança, Valéria Martin, moradora da Cidade de Deus, Zona Oeste do Rio, traz na sua história de vida toda uma trajetória com a arte, mais especificamente com a dança.

Valéria ministra aulas de dança há mais de 20 anos com seu projeto que leva seu próprio nome: Academia de dança Valéria Martins – Dança para todos. Esse é inspirando em sua sogra que é apaixonada por ballet e sonhava em ser bailarina. Mas, nunca teve a oportunidade de fazer aula, pois não tinha condições financeiras.

A professora não tem condições de atender a todas crianças no espaço e tem uma lista grande de espera no projeto.
Foto: Reprodução

“Há 6 anos atrás, minha sogra ajudou a transformar o quarto em uma sala de aula improvisada. Comprou espelhos de segunda mão, comprou as barras no ferro velho, e assim começamos o projeto de dança para todos com preços populares”, diz a professora de dança.

Depois disso, as aulas de dança começaram a ter muita visibilidade. Inclusive, 3 alunos conquistaram bolsas de estudos para dançar em Nova York. O espaço foi ficando cada vez menor, pois atualmente a companhia acolhe 105 crianças. No entanto, apenas 20 conseguem pagar e 85 são bolsistas. Além disso, a professor tenta ajudar os alunos com cestas básicas.

“Imagina um espaço pequeno com mais de 100 crianças. Crescemos e chegamos ao total de 105 bailarinos. Com isso, começamos a incomodar os vizinhos. Aquele quarto já não nos comporta como antes. Precisamos de novas salas para receber os novos alunos”, diz Valéria que explica sobre ter uma lista de espera, mas no momento não tem como atender a tantas crianças.

Diante dessa dificuldade e falta de recursos para manutenção do espaço, a professora fez uma vaquinha, afim de ajudar as crianças a terem seus sonhos realizados. “Queremos esticar e aumentar nosso espaço. Chorei e imaginei que fosse ter que parar de dar aulas de dança. Mas, sou guerreira e luto pelo que acredito. Por isso essa vaquinha.”

Quem puder e sentir vontade de ajudar pode entrar em contato com a Valéria (21) 970791912.