Alemão ganha espaço infantil com atividades recreativas para estimular o aprendizado

O projeto ‘Favelas do Brincar’ foi inaugurado pelo movimento Unidos Pelo Brincar no Educap na segunda-feira

Foto: Matheus Guimarães/Voz das ComunidadesFoto: Matheus Guimarães/Voz das Comunidades

Cada vez mais a presença de ações e iniciativas que ajudam no desenvolvimento infantil nas comunidades cariocas torna-se essencial para a transformação social. Através de atividades e brincadeiras, é possível aprimorar as habilidades emocionais, cognitivas, físicas e criativas das crianças.

Com o objetivo de trazer essa realidade para o Complexo do Alemão, o projeto Movimentos Unidos Pelo Brincar inaugurou, na segunda-feira (18), a intervenção Favelas do Brincar no Espaço Democrático de União, Convivência, Aprendizagem e Prevenção (EDUCAP).

“Toda criança tem o direito ao lazer. Por isso, o ‘Favelas do Brincar’ tem uma importância neste contexto. O brincar traz desenvolvimento e inclusão para as crianças, principalmente, àquelas que precisam de espaços lúdicos de interação, segurança e qualidade. Isso é de extrema importância nas favelas”, afirma Lúcia Cabral, educadora e fundadora do Educap.

Foto: Matheus Guimarães/Voz das Comunidades
Através de brincadeiras e a atividades, iniciativa promove as habilidades emocionais do público infantil.
Foto: Matheus Guimarães/Voz das Comunidades

O Movimento Unidos pelo Brincar tem a missão de promover a valorização do brincar como um dos pilares do crescimento infantil. Por meio de atividades recreativas, crianças desenvolvem diversas habilidades. Por esse motivo, o Movimento visa estimular famílias, cuidadores e o setor público a oferecer mais oportunidades de aprendizagem lúdica para toda a criançada. Com financiamento da Fundação LEGO, a iniciativa atua desde 2019 com ações no Brasil, Colômbia, México e Ruanda.