Alunos da Escola de Teatro Solar Meninos de Luz farão apresentação online

Projeto que integra crianças e adolescentes das comunidades Pavão-Pavãozinho e Cantagalo, a peça “A Misteriosa Luz da Casa Verde”, de Jorran Souza, vai estrear amanhã, às 15h
a_misteriosa_luz_da_casa_verde_credito_divulgacao_solar_meninos_de_luz

Foto: Solar Escola de Teatro/Divulgação

No desenvolvimento infantil, a democratização ao acesso à cultura possibilita diversas possibilidades no horizonte das crianças que residem nas comunidades cariocas. É pensando nesse processo que o projeto Solar Meninos de Luz oferece educação integral para 430 crianças e adolescentes das favelas de Pavão-Pavãozinho e Cantagalo, na Zona Sul do Rio de Janeiro.

Entre os cursos disponíveis no projeto, há a disponibilidade de aulas de teatro, que, neste sábado (31), os alunos estrearão a peça “A Misteriosa Luz da Casa Verde”, de Jorran Souza.

De forma online, a apresentação começa a partir das 15h, no canal do Youtube da Escola de Teatro Solar Meninos Luz. Com duração de 28 minutos, a peça é da autoria dos estudantes inscritos na iniciativa.

Além desse curso, o projeto oferece oficinas de dança (Hip-Hop, sapateado e dança de salão), práticas esportivas (capoeiras e judô) e música (flauta, violino, coral, trompete e outros).

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]