Arena Dicró, na Penha, promove exposição “Periferi Futuro” neste final de semana; confira

Evento de estética afrofuturista, vai apresentar uma ideia de futuro utópico, com alegorias e shows
(Imagem:Reprodução)
(Imagem:Reprodução)

O coletivo Lambe-Lambe da BXD abre a Galeria L, no espaço Arena Carioca Dicró, para apresentar a Periferi Futuro, exposição afrofuturista que reimagina a ideia futurista através de protagonismo às identidades negras e periféricas.

O evento também contará com shows durante o final de semana. No sábado, a apresentação será por conta de Omi Okun, referência na ancestralidade musical unindo a força dos ritmos sagrados Umbanda e Camdomblé.

Imagem: Divulgação

Já no domingo, o samba que reina na Arena Carioca Dicró, com o show “Levo a Vida do Jeito que For” apresenta repertórios compostos em conjunto com grandes nomes, como Arlindo Cruz, Jorge Aragão e Nei Lopes, além das músicas imortalizadas pelo imaginário popular através do Grupo Fundo de Quintal.  

O Periferi Futuro acontecerá na Arena Carioca Dicró (R. Flora Lôbo, 184). No sábado (16/04), o evento começa às 17h e a entrada custa R$15 a inteira e R$7,50 a meia. Já no domingo, o evento inicia às 18h e a entrada é gratuita.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]