Aulas grátis de empreendedorismo para atletas e moradores de cinco favelas do Rio

As inscrições podem ser feitas até amanhã, dia 29 de setembro
Jogadores pérolas negras

A Academia de Futebol Pérolas Negras oferece aulas gratuitas de empreendedorismo para  jovens atletas e moradores, com idades entre 15 e 24 anos, do Cantagalo, Cidade de Deus, Vila Aliança, Queimados e Serrinha (Resende). 

O projeto Trilha Empreendedora Pérolas Negras, que tem parceria entre o clube de futebol Pérolas Negras e a ONG Junior Achievement, tem como objetivo preparar atletas que treinam em associações esportivas de comunidades do estado do Rio de Janeiro. Essa preparação é para que façam uma boa gestão de suas carreiras quando ingressarem em grandes clubes, instruindo atletas para o mercado de trabalho como uma alternativa para geração de renda.

Serão contemplados cerca de 400 jovens. E apesar do foco do projeto Trilha Empreendedora Pérolas Negras estar nos atletas, serão abertas turmas para moradores das comunidades com interesse em aprender sobre empreendedorismo, gestão financeira, gestão de carreira e competências para ingressar no mercado de trabalho. Além de contribuir para a construção da carreira dos atletas, o projeto pode ser uma boa opção para jovens que desejam incrementar o currículo com conhecimentos que podem ajudar a se destacarem em processos seletivos de empresas. 

As inscrições podem ser feitas até o dia 29 de setembro por meio do link que você encontra aqui. O projeto Trilha Empreendedora Pérolas Negras tem início no dia 30 de setembro, com uma metodologia híbrida (sendo necessário, em alguns momentos, a atuação presencial) e duração total de seis meses. 

O conteúdo do projeto é baseado na Trilha Empreendedora  da 
Junior Achievement, cuja metodologia inclui sete programas com temas de gestão financeira, empreendedorismo, ética, rotinas nas empresas, profissões do futuro, e criação de startups – sendo este último, um programa prático, no qual os jovens devem criar uma empresa durante quatro semanas com mentorias. Cada programa dura em média um mês, totalizando os 6 meses. As atividades são práticas e lúdicas, utilizando, inclusive, a linguagem do cotidiano dos alunos para que o processo de aprendizagem faça mais sentido para eles. 

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]