Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Baile de debutantes: Concurso da UPP seleciona 26 jovens de favelas do Rio; confira

A festa vai acontecer dia 30 de novembro
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O concurso para o baile de debutantes das Unidades de Polícia Pacificadora (UPP) chegou ao fim. Foram 26 jovens selecionadas de várias favelas do Rio de Janeiro que irão ganhar a tão sonhada festa de 15 anos. O resultado foi divulgado na última sexta-feira (20); processo seletivo aconteceu por meio de uma prova de redação. O baile será dia 30 de novembro.

A abertura do período de inscrições foi em 29 de setembro e fechou no último 11 de outubro. A prova de redação aconteceu no dia 14 de outubro. Confira as selecionadas:

01. Chatuba: Giovanna de Oliveira

02. Vidigal: Zoe Ribeiro

03. Macacos: Karollainy Cristine

04. Adeus: Yasmim Marinho

05. Arara: Emanuelle Soares

06. Fé-Sereno: Yasmin Mizael

07. Salgueiro: Thawane Cristine

08. Turano: Bruna de Jesus

09. Jacarezinho: Evellyn dos Santos

10. Manguinhos: Michele dos Santos

11. Formiga: Ana Júlia

12. Chapéu-Mangueira: Alexandra da Costa

13. Borel: Lara Miguel

14. Pavão: Julia Fernandes

15. Santa Marta: Luana Cristina e Maisa Nicoly

16. Barreira do Vasco: Marcella Cristina

17. Mangueira: Melissa de Carvalho

18. Rocinha: Ana Erica

19. Providência: Jamylle Santos

20. Proletário: Beatriz Cruz

21. Vila Cruzeiro: Yasmin Sousa

22. Prazeres: Yasmin Araújo

23. São João: Laysa Martins e Thaina Borges

24. Fazendinha: Isabelly Vitória

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]