Campanha contra a gripe é prorrogada no Rio e vai até o dia 30 de junho

Mais de 350 mil pessoas ainda não se vacinaram
vacina-contra-gripe

A Prefeitura do Rio prorrogou até o dia 30 de junho a campanha de vacinação contra a gripe. A mudança aconteceu após a confirmação de que cerca de 350 mil pessoas do público alvo ainda não foram vacinadas no município, porém em todo o estado permanece a data do dia 5 de junho como término da campanha.

Essa é a terceira e última fase da campanha, que tem como objetivo imunizar professores das escolas públicas e privadas, adultos de 55 a 59 anos de idade, pessoas com deficiência, crianças a partir de seis meses a menores de seis anos, gestantes, mães no pós-parto (até 45 dias), caminhoneiros e pessoas com doenças crônicas não transmissíveis.

Até o dia 28 de maio 1,5 milhões de pessoas tomaram a vacina e para alcançar a meta do Ministério da Saúde, que é vacinar 1,8 milhões de pessoas, além das Clínicas das Famílias e os Centros Municipais de Saúde, que atendem a população das 8h às 17h, de segunda a sexta, e as unidades que funcionam aos sábados, até 12h, foram criados novos pontos de vacinação, entre esses locais estão os terminais rodoviários, algumas redes de farmácias também estão participando da campanha contra a gripe e clicando aqui você consegue encontrar a lista completa.

O Terminal de Cargas Aéreas do Aeroporto Internacional do Galeão participa da ação somente na quarta-feira, dia 3 de maio, das 9h às 16h e irá atender caminhoneiros, adultos de 55 a 59 anos de idade e indivíduos portadores de doenças crônicas não transmissíveis, como doença respiratória crônica, doença cardíaca crônica, doença renal crônica, doença hepática crônica, doença neurológica crônica, diabetes, imunossupressão, obesidade e pessoas com trissomia ou transplantadas.

Veja aqui os pontos extras para a vacinação com dias e horários:

Barra da Tijuca – Alvorada –  dias 01 e 02.06 

Centro – Central do Brasil –  dias 02 e 03.06 

Centro de Campo Grande – dias 03 e 04.06

Devido a pandemia, a Secretaria Municipal de Saúde tomou medidas de proteção intensas, com um ambiente devidamente higienizado os técnicos estarão de máscaras e com as mãos higienizadas. É necessário que a população também vá de máscara. É importante lembrar que as crianças só estão sendo vacinadas nas unidades de saúde.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]