Cobrando justiça, familiares enterram Kathlen Romeu na tarde desta quarta-feira

A jovem, que estava grávida de 14 semanas, foi atingida por disparado de arma de fogo durante operação no Lins
Sepultamento de Kathlen Romeu, de 24 anos, jovem grávida morta em Operação Polícial

Foto: Renato Moura/Voz das Comunidades

Na tarde desta quarta-feira (09), os familiares e amigos de Kathlen Romeu, de 24 anos, enterram o corpo da jovem no cemitério do Catumbi, Zona Central do Rio de Janeiro, a partir das 16h. Morta na última terça-feira (08), durante uma operação policial da Unidade de Polícia Pacificadora na Vila Cabuçu, em Lins de Vasconcelos (Zona Norte), a jovem estava grávida de 14 semanas.

Kathlen, que trabalhava como Designer de Interiores e também no ramo da moda, foi atingida por um disparo de arma de fogo enquanto visitava os parentes na comunidade do Lins. Segundo o relato dos moradores, o tiroteio aconteceu de forma inesperada e, em poucos instantes, os barulhos de tiros tomaram conta do bairro. Ontem, em protesto organizado contra a violência na região, também houve registro de intensos disparos.

Familiares, amigos e conhecidos compareceram ao sepultamento de Kathlen Romeu.
Foto: Renato Moura/Voz das Comunidades.

De acordo com o levantamento do Fogo Cruzado, uma plataforma digital colaborativa que registra dados de violência armada no Rio de Janeiro e Recife, das 681 mulheres atingidas por disparos de armas de fogo nos últimos quatro anos, 258 morreram. Quinze das baleadas estavam grávidas e oito morreram.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]