Com a cara da favela, Espaço KTOZ da Vila Cruzeiro vira atração na Penha

Fundado por Darlan Lucas, o local em poucos meses já é considerado um ponto de referência na região
Foto: Vilma Ribeiro / Voz das Comunidades
Foto: Vilma Ribeiro / Voz das Comunidades

As favelas do Rio são potência cultural, social e principalmente de empreendimento. No Complexo da Penha, um bar tem feito sucesso na comunidade. O Espaço KTOZ virou uma nova opção de lazer e entretenimento para moradores da Vila Cruzeiro. Em poucos meses, o local já é considerado um ponto de referência na região.

O nome peculiar surgiu em razão da localização do estabelecimento. O Espaço KTOZ foi inspirado por ficar justamente na esquina da rua 14. E, a forma de escrever faz parte da filosofia do negócio: ser diferente. Surgiu na região como uma opção de lazer que fosse o famoso “bom e barato”. Os preços acessíveis, agregados às atrações do bar, viraram motivação para a adesão dos moradores. 

As obras no local em que hoje é o espaço começaram em 2018, mas sua inauguração completa foi no dia 17 de setembro deste ano. O gerente geral e um dos fundadores, Darlan Lucas, de 34 anos, contou um pouco sobre a criação do Espaço. “Desenvolver  esse negócio me permitiu acompanhar de perto todo o projeto de concepção do Espaço KTOZ, desde o primeiro tijolo até a última pintura realizada. Nossa ideia era criar um ambiente familiar onde as pessoas viessem, gostassem e trouxessem outras. Ainda não temos muita consciência da repercussão que a casa tem fora da Penha, mas será uma alegria imensa saber que o propósito está sendo cumprido”.

O ambiente familiar com a cara da favela faz com que as pessoas que vão até o Espaço se sintam mais à vontade
Foto: Vilma Ribeiro / Voz das Comunidades

Além do morador poder comer o seu petisco e tomar sua cervejinha, a proposta do KTOZ é ser uma opção cultural dentro da comunidade e também derrubar os preconceitos das pessoas de fora em frequentar espaços de empreendimentos da favela. E, principalmente, oferecer às pessoas da Vila Cruzeiro um lugar de qualidade sem precisar ir para longe de casa.

Frequentador do KTOZ, Rodrigo do Nascimento, falou da sua ligação com o espaço e da importância de ter essas opções de lazer para moradores. “Aqui podemos curtir, zoar com um serviço bom. O ambiente familiar acaba sendo a melhor coisa para nós. E sendo perto de casa, você pode encontrar teus amigos sem ir para longe ver um jogo do Flamengo com a rapaziada no conforto da nossa favela”.     

O Espaço KTOZ fica na estrada José Rucas, 1098, na esquina das ruas 10 e 14, próximo à praça São Lucas. A localização oferece alguns meios de transporte que deixam na porta do espaço, como o ônibus da linha 313 e a kombi 75.

Foto: Vilma Ribeiro / Voz das Comunidades

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]