Cria do Alemão, artista NGC Daddy é destaque no trap nacional

Aos 19 anos, o jovem já é uma das principais referências no subgênero musical do rap

Foto: Willys AraújoFoto: Willys Araújo

Cria da localidade das Casinhas no Complexo do Alemão, o trapper NGC Daddy, que lançou sua primeira música aos 16 anos, hoje é um dos nomes mais ouvidos do trap nacional.

Com mais de 850 mil inscritos em seu canal do YouTube e reunindo 795 mil ouvintes mensais no Spotify, o artista conta ao Voz das Comunidades um pouco da sua trajetória na música.

Referências na música

Nascido e criado no Complexo do Alemão, NGC Daddy, hoje aos 19 anos, é um dos nomes mais conhecidos do trap nacional. Daddy lançou os famosos hits Bendito, Glockada e Love and Choppa. Além da parceria com outros grandes artistas do trap-rap, como Borges e Filipe Ret.

O cantor revela como começou sua relação com a música ainda bem jovem e quais foram as principais referências para a construção dos trabalhos futuros que se tornaram grandes hits. 

Foto: Reprodução

“Escutava muito trap da gringa, só que era algo bem diferente do que se tinha aqui. Aí fui me encontrando no rap e no trap. Aos 16 anos, estava acompanhando o underground lá de fora, dos artistas que tinham mais ou menos a minha idade. Me identifiquei com eles e trouxe essa estética para cá, só que na minha realidade, adaptando para o Brasil, com a vivência de favela e um estilo voltado para grife que tinha lá fora. Acredito que estourei no trap porque fiz algo diferente”, conta ele.

Trajetória

Dentro da estética do real trap (ostentação, festas e bebidas), Daddy conta que seu estilo tem muita referência do hip hop que costumava ouvir na infância.

“Desde pequeno sempre ouvi hip hop. Eu tinha aqueles DVDs com músicas da Rihanna, Chris Brown, Fifty Cent… e ficava vendo todos os dias. Gostava da batida, do estilo dos artistas e toda a sonoridade era algo bem diferenciado. Depois disso, veio a época do YouTube. Eu, com o Notebook do meu primo, ficava ouvindo e vendo os clipes, não só o hip hop, escutava também love song”, explica.

Foi aos 16 anos que escreveu o primeiro sucesso de sua carreira, a música “Love and Choppa”, que é disco platina e acumula mais de 60 milhões de streaming. NGC Daddy explica que, na época, o videoclipe foi gravado através de seu celular.

Imagem do clipe Love and Choppa.
Foto: Reprodução

“Filmei ‘Love and Choppa’ com o meu telefone, que na época era um iPhone 5. Gravei a música lá na Rocinha. Fiz toda a correria e a soltei em um grupo de fire gang. E, aí estourou. Em um mês, já tinha mais de 3 milhões de visualizações no YouTube. Então, fui lançando músicas e criando relevância com um trabalho independente. Peguei toda a grana que fiz no início e investi nos lançamentos seguintes”, revela o trapper.

Recentemente, o artista lançou a música “Ruas de Sangue”. O clipe foi gravado em torno do Campo das Casinhas no Alemão. A canção aborda a violência policial dentro das favelas e a revolta dos moradores mais jovens com a atuação do Estado.

Veja a seguir: