Defensoria em Ação nas Favelas inicia hoje na Vila Kennedy

O projeto busca garantir melhor conhecimento sobre as necessidades dos moradores das favelas
x83523456_ririo-de-janeiro-rj-04-07-2019situacao-da-vila-kennedy-um-ano-apos-a-inauguracao-28129.jpg.pagespeed.ic_.biTzy8llV2

Foto: Reprodução

Defensoria Pública do Rio de Janeiro (DPRJ) lançará hoje, dia 15 de janeiro, o projeto “Defensoria em Ação nas Favelas”. Esse tem como objetivo aproximar os serviços da instituição e os moradores das favelas. O lançamento ocorrerá na Vila Kennedy, comunidade da Zona Oeste do Rio. Os atendimentos serão de maneira remota, a princípio, devido a dificuldade de uma internet móvel.

Além disso, o programa busca também garantir que defensoras e defensores tenham maior conhecimento a respeito das necessidades dos moradores. Assim, conseguirá levar atendimentos relacionados aos Direitos Humanos às populações mais vulneráveis.

O evento acontecerá na Estrada Sargento Miguel Filho, número 371, na Vila Kennedy, a partir das 14h.

Cartaz do Evento

Nos dias 18 e 25 de janeiro e 1 e 8 de fevereiro haverá a capacitação das lideranças da comunidade, que ficarão responsáveis por direcionar o público para os serviços da Defensoria.

As lideranças terão cursos de triagem, organização, dinâmica, apresentação da pesquisa, protocolo de segurança e, por fim, capacitação temática com os assuntos mais comuns.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]