Em noite de risos, Konteiner recebe Rafael Portugal, Yuri Marçal e Yas Fiorelo

De forma gratuita, a “Kasinha” realizou o evento Stand Up Comedy para os moradores da Penha e Alemão

Foto: Selma Souza / Voz das ComunidadesFoto: Selma Souza / Voz das Comunidades

Para os moradores do Complexo da Penha e do Alemão, a última quarta-feira (08) teve um clima descontraído e repleto de alegria no espaço cultural Konteiner. De forma gratuita, a “Kasinha” foi palco do evento Stand Up Comedy, onde as apresentações humorísticas de Yas Fiorelo, Yuri Marçal e Rafael Portugal embalaram a noite.

Carioca de Anchieta, a humorista Yas Fiorelo se destacou ao viralizar com um vídeo nas redes sociais
Foto: Selma Souza / Voz das Comunidades

Com a casa cheia, os comediantes e artistas desempenharam uma das suas melhores performances humorísticas no local. Para o carioca Yuri Marçal, de 27 anos, se apresentar para a comunidade é equivalente a uma comemoração ou celebração entre familiares e amigos, porque na favela se sente em casa.

“Me apresentar para a comunidade é tipo fazer um show dentro de casa, entende? Aqui é a nossa galera. É como se estivesse vendo minha família, meus amigos, tios e tias direto do palco. Eu me sinto realmente dentro de casa, dentro de uma família”, diz.

Yuri Marçal usa da ironia em seus vídeos de humor para fazer críticas sociais
Foto: Selma Souza / Voz das Comunidades

Nesse ritmo de sorrisos e de celebrações entre amigos, Rafael Portugal, de 36 anos, destaca que a última noite entra em sua galeria de memórias afetivas favoritas. Para ele, que nasceu no bairro de Realengo, Zona Oeste do Rio de Janeiro, a energia que a favela emite é uma sensação única.

“Agradeço muito a oportunidade de trazer momentos únicos para os moradores da Penha e da região. É uma energia muito especial que sempre surpreende a gente. A partir de agora, quero transformar essas apresentações em algo constante aqui. Quero ser parte da história da comunidade também”, comenta.

 Rafael ganhou grande destaque ao participar do Quadro CAT no Big Brother Brasil 20 e Big Brother Brasil 21
Foto: Selma Souza / Voz das Comunidades

Além do uso frequente da máscara no espaço, o evento, que iniciou às 18h30 e terminou às 21h30, exigiu a necessidade de apresentação do comprovante de vacinação contra o Covid-19 no local. Teve o apoio do Ifood Brasil que vai destinar 10 toneladas de alimentos para várias favelas do Rio por meio do Voz das Comunidades.