Entre dejetos e moscas, moradores da rua São João, no Alemão, denunciam esgoto a céu aberto

Quem vive na localidade, precisa encarar diariamente o mau cheiro e o risco de propagação de doenças

Entre dejetos e moscas, moradores da rua São João, no Alemão, denunciam esgoto a céu aberto

Foto: Reprodução

Dentro dos limites que definem a qualidade de vida de um cidadão brasileiro, o saneamento básico figura-se entre os principais índices a respeito do tema. Mas, quando o assunto é relacionado às periferias do país, tal indicador é um fator ignorado pelas políticas públicas da gestão municipal de cada região. É o que revela a situação vivenciada pelos moradores da Rua São João, localizada no Complexo do Alemão, Zona Norte do Rio de Janeiro.

Com um esgoto a céu aberto na frente das residências, moradores encaram diariamente o mau cheiro e o risco de propagação de doenças pelos dejetos ali presentes. De acordo com as informações, a condição da comunidade é frequentemente relatada para a prefeitura Municipal, mas sem qualquer tipo de mudança no cenário.

O esgoto a céu aberto atravessa a rua e faz vizinhança com residências no local. Foto: Reprodução.


“É um desrespeito e violência contra nós. As crianças já estão tossindo e com o nariz escorrendo, um monte de mosca no local e a gente tem que andar pelo caminho todo dia”, desabafa uma moradora do local que teve a identidade preservada.

Questionada sobre a situação vivenciada pelo bairro, a Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro não retornou até o fechamento da matéria.