Gravado no Vidigal, filme ‘Mundo Novo’ estreia nesta sexta-feira (29)

O longa, que será exibido na 45º Mostra Internacional de São Paulo, trata da história de um casal inter-racial e os efeitos do racismo estrutural na vida deles

Foto: ReproduçãoFoto: Reprodução

Acontece nesta sexta-feira (29), na 45º Mostra Internacional de São Paulo, a pré-estreia do filme “Mundo novo”, dirigido por Alvaro Campos, roteirista e diretor, em que a história tem como um dos cenários a favela do Vidigal, localizada na Zona Sul do Rio de Janeiro.

O longa-metragem foi gravado durante a pandemia da Covid-19, em apenas seis dias, com equipe reduzida de cerca de 15 pessoas. 

A trama naturalista explora o ponto de vista de um grupo de talentos com raízes na comunidade do Vidigal para contar a história de um casal inter-racial, tratando das consequências do racismo estrutural no país e sua relação com a geografia da cidade do Rio de Janeiro.

O filme, que ganhou o apoio do Show Me The Fund / instituto Paradiso, iniciativa que busca conectar profissionais do audiovisual a fontes internacionais de financiamento, contou com a parceria do grupo Nós do Morro.

Este filme será exibido na plataforma Mostra Play e nas salas de cinema de São Paulo. Para mais informações, só acessar este link (https://45.mostra.org/filmes/mundo-novo).