Jovem do Alemão aprendeu a tocar violino em ONG e ensina para novos alunos

A partir da Ação Social pela Música, Anna Eliza Ribeiro transformou sua vida e ocupou vários espaços

Foto: Vilma Ribeiro / Voz das ComunidadesFoto: Vilma Ribeiro / Voz das Comunidades

“Era totalmente fora da minha realidade, eu achava que violino era coisa de gente rica”, diz Anna Eliza Ribeiro, de 20 anos. A frase resume o que a jovem pensava antes de se tornar violinista. Moradora do Complexo do Alemão, Anna aprendeu a tocar violino aos 10 anos, quando conheceu a Ação Social pela Música do Brasil (ASMB). 

O que antes era hobbie, agora é “a vera”. Anna Eliza vive da música, dá aulas de violino na ASMB e cursa Bacharelado em Música na UFRJ, além de se dedicar aos ensaios da Orquestra Sinfônica Jovem do Rio de Janeiro e da Camerata Jovem do Rio. Foi através da música clássica que ela viajou para vários estados do Brasil e países do mundo, como Alemanha, Holanda, Estados Unidos e Suíça.

Ação Social Pela Música do Brasil (ASMB)

A ONG tem como missão educar socialmente e culturalmente por meio do ensino da música clássica, com objetivo de promover a inclusão social de jovens de comunidades. Atualmente, tem mais de 4 mil alunos, 20 favelas atendidas e conta com 11 núcleos de aprendizado, um deles no Alemão. 

Fundada há 25 anos, a ASMB é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, cuja missão é a educação social e cultural através do ensino da música clássica
Foto: Reprodução