Live Kids conta a história da escravidão no próximo sábado (18)

A História da Escravidão e Suas Consequências nos Dias Atuais acontece neste sábado (18/07), às 10h
live-kds

Tendo o intuito de ir justamente ao encontro desses moradores mirins que estão em casa sem aula, o programa Covid-19 nas Favelas faz a Live Kids A História da Escravidão e Suas Consequências nos Dias Atuais. Neste sábado (18/07), às 10h, no Facebook do Voz das Comunidades.

Nos dias atuais as crianças e adolescentes estão cada vez mais cedo antenados em tudo que acontece em sua volta. Com a internet como maior aliada nessa nova conjunção, é necessário orientar os moradores mirins, para aproveitá-la corretamente. Principalmente no que diz respeito a um assunto que tem ligação histórica com o que se sucedeu em relação à existência de favelas e periferias, bem como a vida dos moradores desses espaços.

Após mais de 130 anos da “abolição” da escravidão no Brasil, a desigualdade racial ainda persiste na sociedade brasileira e, portanto, dentro das escolas. É necessário que o Currículo Escolar dê mais ênfase em discussões sobre o Preconceito Racial. A Live vai contextualizar a história da escravidão no Brasil para o momento atual. Visando facilitar o entendimento dos alunos sobre os problemas sociais gerados pelo racismo.

A live será comandada pelo Pedagogo João Santos, que atualmente está como mestrando no Programa de Cognição e Linguagem na Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro. Não fique de fora dessa!

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]