Manhã de sexta-feira (18) é marcada por grande operação no Complexo da Penha

400 agentes das polícias civil e militar estão na comunidade realizando a incursão

Foto: Reprodução

Acontece na manhã desta sexta-feira (18), uma operação policial das polícias civil e militar, no Complexo da Penha, Zona Norte da Rio cidade. De acordo com as primeiras informações, 400 agentes estão realizando esta operação policial.

A manhã começou agitada para os moradores do Complexo da Penha. Por volta das 06h45, os primeiros relatos de tiros na comunidade foram informados pelos moradores nas redes sociais. Segundo eles, além dos policiais há caveirões circulando pela comunidade e 3 helicópteros sobrevoando a favela.  

Através do Twitter, a PMERJ informou que o objetivo desta operação é prender líderes do tráfico de drogas de outros estados que estão se escondendo no estado do Rio de Janeiro.

O Ministério Público do Estado do Rio criou um canal de denúncias para abusos cometidos durantes operações policiais. As denúncias podem ser feitas por meio do telefone ou WhatsApp, no número (21) 2215-7003, ou pelo email [email protected] O plantão pode receber registros de áudios, fotos e vídeos que comprovem algum tipo de violência ou abuso de autoridade cometido por agentes de segurança durante operações policiais. Após este recebimento, o material será analisado ainda durante o plantão e, sendo constatada a necessidade de atuação, encaminhado para promotores de Justiça com atribuição para investigar as ocorrências relatadas.

Em nota a a Secretaria de Estado de Polícia Civil (SEPOL) do Rio de Janeiro, informa que “Em ação conjunta com as polícias civis do Pará e do Amazonas, e com apoio da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, deflagra a “Operação Coalizão pelo Bem”, nesta sexta-feira (18/06). O objetivo é cumprir mandados de prisão contra lideranças de organizações criminosas de outros estados que se instalaram na comunidade Vila Cruzeiro, na Zona Norte, além de cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão de outras investigações em andamento em diversos departamentos da Polícia Civil. Também serão cumpridos mandados de prisão nos estados de Manaus e São Paulo”.

Outras informações serão apresentadas na coletiva de imprensa, que será realizada na Cidade da Polícia, no Jacarezinho, às 11 horas da manhã desta sexta, e contará com a presença de representantes dos outros estados envolvidos na operação.