Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Na EDUCAP, curso de Introdução à Tecnologia prepara jovens para o mercado de trabalho

De forma gratuita e com ajuda de voluntários, as aulas são voltadas para moradores do Alemão

Foto: Arquivo Pessoal/Divulgação

Em uma sociedade cada vez mais conectada com meios digitais, as noções sobre tecnologia são consideradas fundamentais no mercado de trabalho. Na intenção de aumentar a pluralidade nesta área, a programadora Aline Oliveira ministra o curso de Introdução à Tecnologia para jovens no Complexo do Alemão, Zona Norte do Rio de Janeiro.

De forma gratuita e com ajuda de voluntários, as aulas acontecem no Espaço Democrático de União, Convivência, Aprendizagem e Prevenção (EDUCAP) às terças, quintas-feiras e aos sábados. Inclusive, atualmente, já conta com mais de 20 alunos.

Curso de Introdução à Tecnologia prepara jovens do Complexo do Alemão para o mercado de trabalho na área.
Foto: Arquivo Pessoal/Divulgação.

“De uma forma bem didática, nós ensinamos os conhecimentos de tecnologia, auxiliando nas noções de programação, micro e robótica. Nossas aulas são bem dinâmicas para os alunos aprenderem, de forma fácil, a introdução à tecnologia, web, construção de chatbot e muito mais”, explica.

Por motivos de prevenção contra o coronavírus, seguindo todos os protocolos orientados pelos órgãos de saúde, a turma de estudantes é separada em dois grupos que intercalam os dias de aula. Além disso, há a possibilidade de realizar o curso de forma remota também. Contudo, no momento, as vagas estão indisponíveis.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]