Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Orquestra Maré do Amanhã abre novas inscrições para alunos; saiba como participar

A iniciativa musical da Maré busca novos talentos na cidade do Rio; as candidaturas seguem abertas até o dia 11 de fevereiro
Foto: Orquestra Maré do Amanhã/Divulgação
Foto: Orquestra Maré do Amanhã/Divulgação

Com certeza, o cenário musical e todas suas possibilidades tornam-se uma presença sempre bem-vinda no desenvolvimento pessoal dos jovens. E, visando esses benefícios na rotina de crianças e adolescentes do Rio de Janeiro, a iniciativa Orquestra Maré do Amanhã está com novas inscrições abertas até o dia 11 de fevereiro, das 13 às 17h, na sede instituição. O público-alvo são alunos da rede pública e privada interessados no aprendizado rítmico e na participação de concertos musicais.

Foto: Orquestra Maré do Amanhã / Divulgação

As audições do processo serão realizadas nos dias 15 e 16 de fevereiro, das 13h às 17h, também na sede da Orquestra Maré do Amanhã. Os horários de cada participante são informados no momento da inscrição, que possui alguns pré-requisitos. Como, a limitação de idade de 17 anos, matrícula ativa na rede pública ou privada de ensino e a disponibilidade para frequentar as aulas e ensaios na Maré (não precisa morar no local). Além disso, no momento da candidatura, é necessário mostrar alguns documentos, entre eles, o comprovante escolar, RG e CPF do aluno e responsável.

Para os alunos e responsáveis interessados na inscrição, o endereço da Orquestra Maré do Amanhã fica na Rua da Proclamação, 140, no Complexo da Maré, Zona Norte do Rio de Janeiro. Para mais informações, entre em contato com o Instagram do projeto (@orquestramaredoamanha).

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]