PMs envolvidos em ação que ocasionou na morte de Kathlen Romeu são afastados das ruas

Segundo familiares da jovem, o projétil de arma de fogo partiu da corporação militar
q11

Foto: Reprodução/Instagram

Investigando as circunstâncias da ação que resultou na morte da decoradora de interiores Kathlen Romeu, de 24 anos, na última terça-feira (08), a Delegacia de Homicídios da Capital e a Corregedoria da Polícia Militar afastaram dos trabalhos e procedimentos, realizados nas ruas, doze policiais militares envolvidos na ação no Lins.

Além deste procedimento, a perícia solicitou as armas (fuzis) e as munições utilizadas pelos agentes para averiguar a origem do disparo. Ao todo, 21 armas foram apreendidas. Alvejada no tórax por um tiro de fuzil enquanto visitava a família na Vila Cabuçu, na comunidade de Lins de Vasconcelos, a jovem estava grávida de 14 semanas.

Em nota, a Delegacia de Homicídios da Capital, que investiga o caso, alegou que, em paralelo com outras apurações da Polícia Civil e da Coordenadora de Polícia Pacificadora (CPP), instaurou um procedimento para averiguar as circunstâncias do crime.

Segundo familiares de Kathlen, o projétil de arma de fogo, que matou a jovem, partiu da ação violenta dos policiais militares que efetuaram disparos assim que entraram na comunidade.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]