Policiais dão aulas em projeto social na Vila Cruzeiro

A iniciativa prevê aproximação entre Polícia Militar e comunidade

Foto: Matheus Guimarães / Voz das ComunidadesFoto: Matheus Guimarães / Voz das Comunidades

Projetos sociais transformam vidas. O impacto de iniciativas assim fecharem as portas é rapidamente notado pela comunidade na qual atuam.  Esse foi o caso do Atitude Social, projeto que fica no Complexo da Penha e esteve fechado por mais de um ano. No entanto, com o apoio de policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Vila Cruzeiro, o espaço voltou a funcionar há mais de três meses e vem oferecendo diversas atividades. 

No Atitude Social, que também conta com o apoio do Voz das Comunidades e do espaço cultural Konteiner, os policiais dão aulas de música, jiu-jitsu e natação. Wanderson Rodrigues, que ministra a oficina de música, acredita que a iniciativa constrói novas referências em relação aos policiais. “A primeira coisa que a gente faz é quebrar paradigmas de um policial que chega para agir somente de forma mais repressiva”.

Policiais da UPP Vila Cruzeiro dão aulas no Atitude Social
Foto: Matheus Guimarães / Voz das Comunidades

No caso da parceria com o Atitude Social, o objetivo da Polícia Militar é se aproximar da comunidade através de ações preventivas. Patrick Jesus, de 18 anos, é aluno de luta e disse que acha importante o trabalho do projeto. “Ajuda as crianças a saírem do mal caminho, e virem para cá se dedicar”. Assim como nas outras aulas, os jovens do jiu-jitsu atuam com dedicação. Um dos professores de luta é Luiz Eduardo e ele confirma o interesse dos alunos: “Eles são muito comprometidos! Você vê que eles gostam”.

A aula de jiu-jitsu é três vezes na semana, somando 12 turmas, o que atinge cerca de 80 crianças e jovens por dia.
 Foto: Matheus Guimarães / Voz das Comunidades

Sobre inscrições para atividades

Para aqueles que desejam saber mais informações, é necessário comparecer na recepção do Projeto, que fica na Estrada José Rucas, número 2266, Penha, Rio de Janeiro. Segundo eles, ainda há vagas para duas atividades: Música e jiu-jitsu.

Os documentos necessários para efetuar a inscrição são: RG e CPF do responsável pelo aluno; Comprovante de residência; Cartão de Vacina; Declaração da Escola; Certidão de Nascimento.