Por causa das fortes chuvas, Defesa Civil aciona sirenes de três comunidades do Rio

O alerta foi emitido aos moradores do Alemão, Vila Cruzeiro e Engenho da Rainha

Foto: ReproduçãoFoto: Reprodução

Nas últimas semanas, a chuva tem sido uma presença certa no Rio de Janeiro e, com a continuidade dela, os bairros mais atingidos pelas catástrofes climáticas são as comunidades cariocas, conhecidas pelo alto nível de vulnerabilidade social e também de territórios frágeis.

Neste clima de preocupação com o tempo, que coloca em risco a integridade dos moradores, o Centro de Operações da Prefeitura do Rio colocou o município em Estágio de Atenção, às 16h55 desta terça-feira (11), devido ao forte temporal que ronda a Zona Norte da cidade. No sábado passado, as consequências dos eventos climáticos causaram um deslizamento no Complexo do Alemão, com a Defesa Civil interditando cinco casas e aumentando a tensão da população local com os novos registros de chuva.

Segundo o Alerta Rio, há previsão de chuva muito forte nas próximas horas na cidade, com a sirene do sistema de alerta sendo tocado em três comunidades: Alemão, Vila Cruzeiro e Engenho da Rainha. Ao todo, 10 sirenes foram emitidas.

Você pode acompanhar, em tempo real, as decisões do Centro de Operações no Rio clicando DESTE LINK.

Tentando amenizar os impactos e auxiliar na prevenção dos cariocas, a Prefeitura Municipal compartilhou algumas recomendações neste momento delicado. Confira abaixo:

  • Não se desloque pelas regiões mais afetadas pela chuva;
  • Evite áreas sujeitas a alagamentos e/ou deslizamentos;
  • Não force a passagem de veículos em áreas aparentemente alagadas;
  • Em casos de ventos fortes e/ou chuvas com descargas elétricas, evite ficar próximo a árvores ou em áreas descampadas;
  • Em pontos de alagamento, evite contato direto com postes ou equipamentos que possam estar energizados;
  • Evite o contato com a água de alagamentos. A água pode estar contaminada e oferecer riscos à saúde;
  • Verifique se há sinais de rachaduras em sua residência. Ao perceber trincas ou abalo na estrutura, acione a Defesa Civil pelo número 199 e evite ficar em casa;
  • Moradores de áreas de risco precisam ficar atentos aos alertas sonoros. O acionamento das sirenes indica perigo de deslizamento. As pessoas devem se deslocar para os pontos de apoio estabelecidos pela Defesa Civil Municipal. Os locais são informados pelo número 199;
  • Fique atento às informações divulgadas pelos veículos de comunicação e nas redes sociais do COR;
  • Se necessário, use os telefones de emergência 193 (Corpo de Bombeiros) e 199 (Defesa Civil).