Prefeitura do Rio publica os 18 homenageados pela Ordem do Mérito Cultural Carioca 2020

Essa premiação é a mais alta honraria cultural da cidade do Rio de Janeiro e o editor-chefe do Voz, Rene Silva, está na lista dos homenageados
1_whatsapp_image_2020_12_05_at_18_33_34-20668494

Foto: Vilma Ribeiro / Voz das Comunidades

A Prefeitura do Rio Janeiro, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (SMC), divulgou os nomes dos homenageados com a Ordem do Mérito Cultural Carioca 2020. Personalidades, associações, coletivos e instituições, que usaram a cultura como elemento de contribuição à redução dos impactos da pandemia, desde suas criações artísticas à ajuda humanitária, receberão a honraria.

No total, foram mais de 2.800 pessoas que fizeram as indicações ao prêmio por meio de um formulário disponibilizado nas redes sociais da Secretaria Municipal de Cultura. A escolha foi realizada entre as mais de 600 indicações. O nome do editor-chefe do Voz das Comunidades, Rene Silva, está entre os homenageados da edição de 2020.

Prefeitura do Rio: Divulgação
Banner: Divulgação

A cerimonia que acontecerá a homenagem aos escolhidos será realizada no dia 01 de Março, aniversário da cidade, no Palácio da Cidade. Na ocasião, os 18 homenageados receberão a Medalha São Sebastião do Rio de Janeiro e o diploma.

Além do Rene Silva, outros homenageados pela Prefeitura do Rio receberão a honraria:

APTR – Associação de Produtores de Teatro,
Teresa Cristina,
Circo Crescer e Viver,
Rene Silva,
Polifônica Cia,
Moacyr Luz,
Humbono Rogério de Olissá,
Wanderson Geremias (WG),
Pretinhas Leitoras,
Slam das Minas RJ,
Gastromotiva,
Naprocult – Núcleo de Apoio à Produção Cultural da UFRJ,
Companhia de Dança Passinho Carioca,
Fred Gelli,
Coletivo Lanchonete Lanchonete,
Espaço Cultural Viaduto de Realengo,
Palcos do Rio – Rede Cultural,
Filma Rio – Movimento suprapartidário dos profissionais do setor audiovisual carioca.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]