Primeira edição do Projeta Rocinha acontecerá nesta sexta-feira (22)

Os moradores poderão assistir filmes, clipes, mensagens e intervenções artísticas, sem aglomerações e sem sair de casa

Primeira edição do Projeta Rocinha acontecerá nesta sexta-feira (22)

A favela da Rocinha vai virar um grande espaço cultural através do “Projeta Rocinha”. O evento irá acontecer entre os dias 22 a 24 de janeiro, com previsão de início às 19h.

As projeções acontecerão diretamente do Morro Dois Irmãos. Cada uma equivale a meio quilômetro ou cinco edifícios de 18 andares lado a lado, com 50 metros de altura por 90 de largura. Além disso, o “Projeta Rocinha” traz uma “tela” do tamanho de pelo menos dois aviões.

Moradores poderão assistir, a partir das suas lajes e das janelas, os longas-metragens, curtas-metragens, clipes, mensagens e intervenções poéticas, sem aglomerações e sem sair de casa. E toda parte acústica terá o apoio da rádio comunitária. E a novidade nessa primeira edição, é que o projeto Pipas Labs vai distribuir pipas com leds em todos os dias de evento, com o objetivo de iluminar e deixar o céu da favela da Rocinha mais encantador.

Foto: Reprodução

O evento foi desenvolvido com a intenção de mostrar a força e a potência da Rocinha. Assim, artistas e moradores da favela, juntos, participam ativamente da curadoria do evento.

Maurício Soca, morador da favela há mais de 50 anos, é ativista social, compositor, produtor cultural e correalizador do evento “Projeta Rocinha”, através da Casa de Cultura da Rocinha. Ele diz que a ideia surgiu há cerca de seis anos, mas estava adormecida, pois precisava de parcerias que entendessem a grandiosidade do projeto. “E nesse momento de pandemia e isolamento, o Projeta Rocinha chegou na hora certa para levar ao morador cultura, arte, conhecimento, saúde, nostalgia e diversão para a nossa vida cotidiana”, conta.

Já Mariana Marinho, diretora e coordenadora-geral do evento, falou sobre esta experiência. “Trazer a força e a grandeza do evento, transmitir o conceito de uma nova experiência nunca vivenciada antes. Os 100 mil moradores da Rocinha viverão a experiência de presenciar a projeção na maior tela de cinema já realizada, assistindo a conteúdos afirmativos que surgiram do vulcão de criatividade e atitude da própria Favela. A vida que reluz na Rocinha”

Então, preparem a pipoca! Pois, o Projeta Rocinha separou grandes filmes para os moradores apreciarem de uma forma divertida e segura, com os seguintes longas e curtas: Minha Mãe é uma Peça 3; Fala sério, Mãe!; Gonzaga: De pai para filho; Janelas Daqui; Lá do Alto; A fábula da Vó Ita; Alma Crespa; O Pião; Rã; Lé com Cré; Como Ser Racista em 10 Passos; Penso logo Falo; E, por fim, Flor da Pele.