Projeto Mulheres em Ação no Alemão promove atendimento psicológico infantil a moradores da comunidade

Na tentativa de ampliar suas ações, o MEAA está em busca de novos voluntários; saiba como participar

Projeto Mulheres em Ação no Alemão promove atendimento psicológico infantil a moradores da comunidade

Foto: Reprodução

O coletivo Mulheres Em Ação no Alemão desde o último mês vem disponibilizando um importante serviço a alguns moradores do Complexo do Alemão, Zona Norte do Rio. Trata-se de atendimento psicológico infantil, muito importante neste atual momento.

Em tempos de pandemia, o cuidado com a saúde mental é fundamental. Contudo, esse serviço é tido como artigo de luxo para muitos moradores de favela, devido ao custo considerável para essas pessoas, principalmente os que estão em maior vulnerabilidade social. Fundadora do MEAA, Camila Moradia comentou sobre a relevância do início desse atendimento na comunidade.

“A iniciativa do atendimento psicológico vem de uma demanda antiga das famílias que o Mulheres em Ação no Alemão atende. Famílias vulneráveis, mulheres vítimas de violência doméstica, crianças abusadas sexualmente, entre outras questões, sempre nos pediam ajuda psicológica. Nós sempre nos encaminhamos para algum lugar, mas eles nunca tinham dinheiro para ir ou por outros motivos interrompiam o tratamento. Então, assim que conseguimos um espaço físico, colocamos em nosso coração que teríamos um espaço para esse atendimento”, esclarece Camila.

Monique Freitas (34), Débora França (40), Andrea Soares (42), Caroline do Valle (25), Camila Santos (36), Lucilene Oliveira (33) são madrinhas no MEAA.
Monique Freitas (34), Débora França (40), Andrea Soares (42), Caroline do Valle (25), Camila Santos (36), Lucilene Oliveira (33) são madrinhas no MEAA.
Foto: Matheus Guimarães / Voz das Comunidades

Atendimento voluntário

Atualmente, o projeto busca através das suas redes sociais outros profissionais que se disponibilizem a realizar este atendimento de modo voluntário. A psicóloga infantil Fernanda Ruiz Varella, de 26 anos, abraçou a ideia do Mulheres em Ação e decidiu fazer parte dessa causa. “No dia em que eu conheci o MEAA e a Camila, me encantei com a história do projeto. O trabalho que elas fazem lá é incrível e eu fico muito feliz de contribuir com alguma coisa, mesmo considerando ser tão pouco diante de tudo que elas fazem”.

Fernanda relata também a importância da psicologia, o quanto ela ainda é inacessível para alguns grupos da nossa sociedade, e que isso a motivou a fazer parte do projeto.
Foto: Reprodução MEAA

Além de atendimentos psicológicos às crianças, o MEAA entrega cestas básicas, promove reforço escolar, que também precisa voluntários, curso de inglês, oficinas de artesanato e encontros de autocuidado. Para mais informações, basta entrar em contato por e-mail [email protected] ou através do telefone (21)99836-2188.