Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Saiba como se cadastrar na tarifa social da Águas do Rio

Além de economia, tarifa social também traz regulamentação e consumo consciente
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Nem toda a população que vive em comunidade consegue ter condições íntegras de sustento. Como diz o velho ditado, muitas vezes tem que “tampar um santo” para suprir as contas da casa. Mas há alternativas que podem ajudar na economia do lar, ainda mais nas contas mensais. A concessionária Águas do Rio, por exemplo, tem a Tarifa Social.

A tarifa social oferta mensalmente 15 mil litros de água por residência. Além do abate na conta, o serviço também conta com a regulamentação cadastral (as pessoas podem ter um comprovante de residência), além de dicas de consumo de água consciente.

Para solicitar a tarifa social da Águas do Rio, basta ir até uma loja de atendimento da concessionária ou acessar um dos canais de atendimento. A empresa disponibiliza o 0800 195 0 195 (que também é WhatsApp), aplicativo Águas App e a agência virtual, que pode ser acessada, através do site (www.aguasdorio.com.br). 

Tem direito à tarida social, na cidade do Rio, edificações que tiverem localizadas dentro das áreas listadas pelo sistema de assentamentos de baixa renda (SABREN), coordenado pelo Instituto Municipal de Urbanismo Pereira Passos (IPP), da prefeitura do Rio de Janeiro, que inclui 525 comunidades da capital questão na área de atuação das Águas do Rio.

Pelos canais virtuais de atendimento, clientes podem solicitar serviços como segunda via da conta de água, mudança de titularidade, histórico de consumo, a própria inclusão na tarifa socialentre outros.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]