Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Secretaria Estadual de Educação abre segunda fase de matrículas na rede pública de ensino

Processo começou terça-feira (24) e é exclusivo para os candidatos inscritos e não alocados na 1ª fase
Foto: Divulgação / Seeduc
Foto: Divulgação / Seeduc

Começou nesta terça-feira (24) o processo de matrículas da Secretaria Estadual de Ensino (SEEDUC) para a rede pública de ensino para os candidatos que se inscreveram, mas não foram alocados na primeira fase. Nesta etapa, os candidatos não alocados terão exclusividade para realizarem a pré-matrícula entre os dias 24 e 25 de janeiro. Mas poderão participar do processo do dia 26 em diante.

A matrícula é destinada aos candiatos que querem ingressar no:

Novo ensino médio

  • Regular;
  • Itinerário de Tecnologia, Sustentabilidade, Arte e Esporte;
  • Itinerário Inovador;
  • Itinerário de Empreendedorismo;
  • Itinerário de Formação Técnica e Profissional;
  • Itinerário de Línguas;
  • Itinerário de Eletrotécnica;
  • Itinerário Civico-Militar;
  • Itinerário de Esporte;
  • Itinerário de Música;
  • Itinerário de Iniciação Científica e Tecnológica;
  • Normal (Formação de Professores em horário integral);
  • EJA (Educação de Jovens e Adultos);

Ensino fundamental (6º ao 9º ano)

  • Regular;
  • Integral;
  • Ênfase em Tecnologia, Sustentabilidade, Arte e Esporte;
  • Civico-Militar;
  • EJA (Educação de Jovens e Adultos;

A matrícula na rede estadual de ensino pode ser realizada pelo site https://www.matriculafacil.rj.gov.br/

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

Veja também

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]