Cobranças indevidas de consumo de água são canceladas após envio aos moradores do Alemão

Em nota, companhia Águas do Rio admite o equívoco e afirma que os boletos foram cancelados

Foto; ReproduçãoFoto; Reprodução

Na última semana, uma situação inusitada ganhou destaque em um dos pontos do Complexo do Alemão, Zona Norte do Rio.

De forma inesperada, a empresa Águas do Rio, que assumiu recentemente o controle do abastecimento e saneamento básico em algumas localidades na Capital carioca que pertenciam à empresa CEDAE, enviou centenas de cartas de cobrança de água para a Associação dos Moradores da Nova Brasília reivindicando valores equivocados dos moradores da comunidade.

Porém, segundo a companhia, a situação incorreta foi uma falha no sistema de emissão da concessionária e que os boletos gerados foram cancelados. Em nota, a Águas do Rio informou que as lideranças comunitárias da região foram informadas sobre o equívoco.