SME abre matrículas para Educação de Jovens e Adultos; saiba como se inscrever

Para inscrever-se, basta entrar em contato com a Gerência de Educação de Jovens e Adultos, da própria SME
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

No desenvolvimento pessoal e cultural, o acesso ao conhecimento torna-se uma etapa essencial na vida de um jovem, pois oferece novas perspectivas e objetivos em sua trajetória. Quando essa oportunidade é direcionada para quem é morador de favela, que infelizmente convive com ações negligentes na área de educação por diversos motivos, essa acessibilidade também detém o poder de transformação social.

Visando uma melhora nesse quadro, a Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro (SME) oferece, de forma gratuita, a conclusão do Ensino Fundamental para jovens, adultos e idosos pelo programa de Educação Jovens e Adultos (EJA). A oferta é válida para todo território do município do Rio de Janeiro e a idade mínima é de 15 anos.

Para inscrever-se, basta entrar em contato com a Gerência de Educação de Jovens e Adultos, da própria SME, através dos números (21) 2976-2292/29762307. As aulas estão disponíveis em 143 unidades escolares.

Para saber mais sobre a EJA e consultar as opções de escolas disponíveis, os interessados deverão acessar (EJA – www.rio.rj.gov.br).

Créditos: Divulgação / Secretaria Municipal de Educação


Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]