Tiroteio no Morro da Providência deixa moradores em estado de atenção

O ativista, morador da comunidade, Cosme Felippsen, teve que interromper um evento virtual durante o início da tarde, por conta dos tiros

Tiroteio no Morro da Providência deixa moradores em estado de atenção

Foto: Melissa Canabrava / Voz das Comunidades

Um intenso tiroteio no Morro da Providência, no início da tarde desta quarta-feira (10), no Centro do Rio, interrompeu a circulação do VLT Carioca e assustou moradores da localidade. A região fica próxima da Central do Brasil, onde é grande a circulação de pessoas nesse horário.

Por volta do meio-dia, os moradores da região relataram sobre o caso nas redes sociais. Além disso, registraram imagens em que é possível escutar a sequência dos disparos.

Moradores registram o tiroteio Vídeo: Reprodução

Durante um encontro virtual a respeito do “DIA D CONTRA O COVID NAS FAVELAS”, apresentado pela Vereadora Tainá de Paula (PT), com diversos convidados, o ativista social e guia turístico, Cosme Felippsen, teve que interromper sua fala por conta dos tiros. O morador precisou se abrigar em lugar seguro, por medo de atingirem ele. Cosme estava na sua casa enquanto acontecia a operação policial na localidade.

Momento que a fala do ativista Cosme Felippsen é interrompida ao som de tiros.

“Eu estava ao vivo com lideranças faveladas, representantes da Faferj (Federação das Associações de Favelas do Rio de Janeiro), falando sobre o Dia D contra o Covid nas favelas. Estamos vivendo num período de pandemia, o governo deveria entrar na favela para auxiliar as pessoas contra o Covid-19, mas entra com tiros”, declara o ativista.

Em vídeo enviado pelo próprio Cosme, ele relata o que aconteceu no começo da tarde de hoje.

Vídeo: Reprodução
Vídeo: Reprodução

Segundo a Polícia Militar, uma equipe da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Providência realizava patrulhamento na localidade, conhecida como Pedra Lisa, quando atacaram a tiros. Houve confronto.