Tomógrafos nas favelas não são utilizados mesmo após um mês de inauguração

Prefeitura afirma que aparelhos precisam de testes e dá prazo de uma semana para pleno funcionamento

Tomógrafos nas favelas não são utilizados mesmo após um mês de inauguração

As favelas do Rio de Janeiro já atingiram 2014 casos confirmados e 420 óbitos por Covid-19, segundo a Prefeitura. Como medida de combate à pandemia, o prefeito Marcelo Crivella comprou e instalou tomógrafos de alta resolução pelo município do Rio. A Cidade de Deus, o Complexo da Maré e a Rocinha foram algum dos pontos selecionados para receberem os aparelhos, que realizam até 1200 exames por mês cada. Entretanto, os tomógrafos inaugurados nas favelas ainda não estão em funcionamento.

Na última quinta-feira (18), a jornalista Carla Siccos registrou em vídeo que o novo aparelho da Cidade de Deus, inaugurado há um mês, ainda não foi utilizado. Ela afirma que as pessoas que procuravam a UPA da Cidade de Deus e precisavam de uma tomografia, eram direcionadas para a UPA da Barra.

Depois do vídeo, o coordenador da RA daqui da Cidade de Deus fez um outro vídeo lá na porta da UPA dizendo que o tomógrafo estava funcionando desde quarta-feira. E não estava funcionando. Porque eu tenho as minhas fontes seguras lá dentro e eles me afirmaram que o tomógrafo havia sido instalado mas não tinha ninguém para operar. Já o Raio-X estava lá jogado, não tinha sido nem instalado. Agora nos resta saber se colocaram o tomógrafo para funcionar e qualquer um está fazendo a tomografia ou se colocaram um profissional qualificado para operar o tomógrafo e fazer leitura do exame“, diz Carla.

Boa noite..Nesta 6a feira 19/06 completará 1 mês que o prefeito Marcelo Crivella esteve na Upa Cidade De Deus "…

Posted by Cdd Acontece on Thursday, June 18, 2020

Favelas do Rio registram 48 novos casos e 4 mortes de Covid-19 nesta sexta-feira (19)

Tomógrafos em teste

Procurada para esclarecimentos sobre a situação, a Secretaria Municipal de Saúde afirmou que alguns dos aparelhos ainda estão em testes. Ainda assim, o dr. Jorge Darze, subsecretário geral executivo da Secretaria, afirmou que todos os tomógrafos estarão em pleno funcionamento até a próxima semana.

Tomógrafo novo exige testes, caso contrário, o seu resultado não será adequado para o tratamento do nossos pacientes. Dos 27 tomógrafos comprados, sete estão em fase de testes. Esses testes estão sendo realizados neste momento e, a partir da próxima semana, todos esses equipamentos estarão a disposição da população do município do Rio de Janeiro“, afirma Darze.