VÍDEO: Curado da Covid-19, morador da Cidade de Deus é recebido com fogos pelos vizinhos

Dono de bar ficou 45 dias internado e teve uma grande recepção ao chegar em casa
WhatsApp Image 2020-06-18 at 16.50.52 (1)

Glauco Lima de 36 anos recebeu alta na manhã de hoje (18) após complicações de saúde causadas pela Covid-19. Com direito a fogos, música e muita alegria, o cria da Cidade de Deus, na Zona Oeste do Rio, foi recebido por seus familiares, amigos e vizinhos da Praça Marsena, mais conhecida como a praça das dezessete árvores.

Tudo começou com um resfriado no início do mês de maio, que a princípio teria sido diagnosticado como sinusite, até que Glauco começou a sentir muita falta de ar e foi levado ao Hospital Unimed, e logo teve o diagnostico da Covid-19. No mesmo dia foi transferido para o Hospital Casa Italiano no Grajaú, onde ficou por 1 mês e 15 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) dependendo da ventilação mecânica para sobreviver.

“Quando vimos a foto dele entubado foi muito difícil, foram dias de muita choradeira e tristeza para a nossa família. A nossa mãe é devota de Nossa Senhora Aparecida, durante esse tempo a vida dela foi ficar de joelhos rezando por ele” conta o irmão Márcio Aurélio.

Carla, esposa de Glauco, também foi diagnosticada com a Covid-19 mas se recuperou em casa. Os sintomas foram leves e ela se restabeleceu rápido. Márcio conta que o irmão estava muito feliz, pois havia acabado de abrir seu próprio negócio antes de ser contaminado pelo coronavírus. “O bar tinha pouco tempo aberto. É o sonho dele. Nesse período da internação eu fiquei no bar pra ele, e a esposa e sua família foram amparadas por parentes e amigos.” 

Após 45 dias de muita agonia veio a boa notícia. Glauco que é casado e pai de 2 filhos, estava recuperado e poderia retornar para casa. Ao saber da chegada, vizinhos e familiares se organizaram para receber Glauco com muito carinho. Muitas pessoas se reuniram em frente a casa dele para recepcioná-lo com muita alegria e gratidão. “Penduramos bola, colocamos a bandeira do flamengo, e o louvor que ele gosta. Quando ele chegou e viu, ficou muito emocionado.” completa o irmão. 

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]