Voz nas Eleições 2020: Juarez Ribeiro

Concorrendo ao cargo pela primeira vez, o candidato assegura que vai priorizar a luta pela educação pública de qualidade
candidato_a_vereador_do_rj_juarez_ribeiro. Foto: Renato Moura / Voz das Comunidades

Juarez Ribeiro Silva, de 57 anos, tem como principal promessa de campanha lutar pela educação pública de qualidade, já que toda sua escolarização básica foi realizada em boas instituições públicas. Para o candidato, a educação é o principal caminho para o fim da desigualdade social e a principal ferramenta de transformação que pode ser implementada durante o mandato. 

Casado com Elisabeth Moretti Azeredo e pai de Felipe Azeredo, de 27 anos, o candidato foi criado na localidade do Loteamento, no Complexo do Alemão, é formado em Ciências Contábeis, Pós-Graduado em Finanças e Gestão Empresarial. Hoje, aposentado, mas, por anos trabalhou em diversas empresas da iniciativa privada como gestor financeiro e também bancário.

Começou a se interessar por política ainda no colégio, no grêmio estudantil do Colégio Clovis Monteiro, o candidato se tornou militante do Partido Democrático Trabalhista, o PDT, assim que um dos grandes nomes da política brasileira voltou do exílio, o ex-governador do Estado da Rio de Janeiro, Leonel Brizola. Nessa época Juarez já lutava e apoiava movimentos pelas causas sociais. No entanto, só decidiu disputar uma cadeira na câmara municipal nas eEleições 2020. 

Juarez Ribeiro. Foto: Renato Moura / Voz das Comunidades

“A pandemia deixou muito aflorado a desigualdade na educação, a gente percebe o distanciamento social que existe quando as dificuldades são latentes, quando falta recursos de toda ordem, seja na saúde, na educação e você vê as comunidades a mercê disso tudo. Então o meu engajamento como vereador agora na candidatura tem foco principal na educação, mas também em políticas públicas de urbanização para favela.”

Atualmente o candidato atua como voluntário na Associação Casa da Vida, que fica localizada na comunidade do Arará, no bairro de Benfica, o local atende gratuitamente crianças com doenças graves, pessoas em situação de vulnerabilidade social fornecendo remédios e alimentos, além de apoio psicológico para famílias.  “Hoje no projeto, nós assistimos três crianças do Complexo do Alemão, uma com esquizofrenia, a outra com uma doença na medula óssea, a gente procura dar todo o suporte, não só consultas e remédios, mas também atendimento com psicólogos e ajuda com alimentação. Espero que como vereador eu possa ajudar ainda mais essas pessoas.” – afirma Juarez. 

Umas das promessas de campanha do candidato é ampliar a oferta de ensino integral e retomar o sistemas dos Centros Integrados de Educação Pública, os CIEPs, garantindo o aumento da verba destinada a educação pelo município. De acordo com Juarez, o plano inicial do CIEPs transformava a escola em centros de convivência comunitária, promovendo a prática de atividades culturais e esportivas, entre outros pontos positivos. 

”Tive as oportunidades que hoje eu percebo que as crianças não tem, na escola eu pude ter aula de inglês, música, artes cênicas, você tinha uma educação de qualidade na escola pública, o que hoje a gente não vê, a pandemia deixou isso muito mais latente, mais evidente, hoje mais de 600 mil crianças estão fora da escola, crianças pobres, de comunidade, que não tem internet, nem computador por conta da questão social, enquanto os filhos da classe média, por terem internet banda larga, seus próprios laptops, têm acesso à informação e as aulas não foram interrompidas.” 

Outra proposta do candidato é a melhora da infraestrutura das favelas. “A gente identifica problemas de acessibilidade, escadas em mal estado de conservação, esgoto ao ar livre, lixo que não é coletado na frequência que deveria, nós precisamos de políticas públicas focadas em todas as comunidades, não só no Alemão, nas comunidades que eu passei pude perceber que os mesmos problemas do Alemão são vivenciados em outras localidades também.”

Se você apoia as ideias de Juarez Ribeiro, anote o número 12383 e não esqueça de levar a sua caneta e o título até a sua zona eleitoral.    

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]