Nós, povos da floresta, queremos garantir o direito ao nosso território

A Amazônia não é só um lugar bonito para se mostrar ao mundo ou o quintal do Brasil, é o nosso lar

Leia mais

Debate ambiental rompe bolha e chega nas favelas, onde mudanças climáticas serão mais sentidas

Apesar disso, futuro não é prioridade para quem vive nos subúrbios e pega ônibus lotado numa pandemia

Leia mais

Manifestações contra Bolsonaro são marginalizadas pela mídia brasileira

Jornais internacionais destacam protestos, mas no Brasil protestos democráticos seguem criminalizados

Leia mais

Um ano depois do assassinato de Floyd, negros ainda sofrem com violência policial

Despreparo e impunidade são recorrentes em operações policiais

Leia mais

Perda de direitos trabalhistas coloca em risco a dignidade humana

Tendência global é preocupante, pois em vez de sonhar, estamos tentando sobreviver

Leia mais

Deus está com os oprimidos, não com aqueles que apoiam o genocídio negro

Evangélicos das periferias lutam por direitos humanos em cenário de fim do mundo

Leia mais

Favela luta para ser reconhecida como humana, para então falar em direitos humanos

Conversa de direitos humanos na periferia gera interrogações, e culpa é do egocentrismo da militância

Leia mais

Dados são aliados na formulação de políticas públicas para as mulheres

Projeto Mapa da Mulher Carioca analisa indicadores que retratam a realidade das cariocas

Leia mais

Mulheres de favelas sofrem com dificuldade de acesso a programas contra violência doméstica

Histórico de descaso deixa moradoras de periferias fora dos serviços de proteção, determinados em lei

Leia mais

Combate às drogas tem custo bilionário e causa destruição sem mudança real

Estudo aponta que foram gastos R$ 5,2 bilhões em repressão nos estados de SP e RJ

Leia mais

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]