Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Voz nas Eleições 2020: Almir Napoleão

Com o slogan ‘Quando você participa, tudo fica mais fácil!’ o candidato nascido e criado na localidade da Fazendinha concorre pela terceira vez como vereador
Almir Napoleão. Foto: Vilma Ribeiro / Voz das Comunidades

Almir Napoleão é figurinha carimbada como articulador de diversas ações sociais no Complexo do Alemão. Cristão, o candidato de 61 anos é viúvo e pai de Bruno Napoleão, de 25 anos e Samuel Napoleão, de 14 anos. Formado em direito, acredita que a região da Leopoldina precisa voltar a ser um polo industrial, a fim de aumentar a geração de emprego. Almir concorre na sua terceira eleição pelo partido Democrata Cristão, mas já é conhecido na comunidade pelo trabalho realizado há mais de trinta anos, como advogado imobiliário. 

O candidato afirma que a vontade de entrar na política surgiu por conta do vazio de representatividade na câmara municipal, que se encontrava o Complexo do Alemão e adjacências. De acordo com Almir, ao concorrer pela primeira vez, no ano de 2008, quase ganhou a eleição e passou esses anos estudando e se organizando para disputar no pleito de 2020.

“Eu acredito que a gente hoje tem a possibilidade de ter um representante da comunidade, por que o nosso trabalho está cada dia maior, as pessoas estão entendendo a necessidade de ter alguém da nossa região lá. Eu estudei e me julgo preparado para exercer esse cargo, no parlamento você precisa ter uma noção exata do que você pode fazer, o parlamento é a arte de saber falar.” – assegura Almir.

Almir lembra que a gestão do vereador é municipal, por isso o candidato eleito governará em prol de todo município do Rio de Janeiro.

“A gente se elege numa questão regional, você vota questões do município, o que é da saúde e educação você não vota pela região do Complexo do Alemão somente, sim por todo o município do Rio de Janeiro. Mas existem questões pontuais aqui no Complexo do Alemão, que a gente com certeza vai atuar como síndico, para solucionar os problemas da nossa localidade.” – afirma Almir.

O candidato fala com carinho do projeto social idealizado pelo filho mais velho, que de acordo com Almir, já atendeu mais de 15 mil pessoas. A ‘ONG Alô Alegria’ realiza casamentos, atendimento com psicólogos, com nutricionistas, entre outras ações. Para ele, o trabalho social é importante, mas o povo politizado, entendendo realmente como funciona o sistema democrático é o que pode transformar a realidade social.

Almir Napoleão. Foto: Vilma Ribeiro / Voz das Comunidades

“Mais importante que fortalecer o assistencialismo é a gente saber a função que um vereador exerce, se você não souber que a Clínica da Família é uma prioridade, não só a do Itararé, ou a UPA do Itararé e sim a UPA e a Clínica da Família de todo o Rio de Janeiro. Então, o legislador tem que entender que uma das suas principais funções é fiscalizar o executivo, para que eles coloquem os nossos recursos e os nossos impostos nos locais certos, por isso o parlamentar precisa de uma equipe muito boa.” – assegura Almir.

Uma das promessas principais de Almir para o mandato é o voto coerente com os anseios e necessidades das pessoas, para ele, atualmente não tem sido fácil encontrar um membro do legislativo realmente preocupado com o povo.

“A maior promessa de campanha para um vereador da cidade do Rio de Janeiro é ser um vereador que vote decentemente, preocupado com os interesses da população e outro grande desejo meu é redigir leis que venham fazer diferença na nossa sociedade. Eu sou da comunidade, a gente fala como se a gente fosse menor, mas nós não somos, temos nas favelas uma série de pessoas que são vencedoras, eu nasci dentro do Complexo, sou negro e não acho inferiorizado é só dar oportunidade aos jovens.” – promete Almir.

O candidato também acredita que uma das maiores necessidades do Complexo do Alemão é a geração de emprego e renda. Por isso, propõe uma diminuição de impostos do setor privado, que de acordo com ele iria atrair mais empresas para a localidade da Leopoldina. 

“O estado é o principal arrecadador de impostos, mesmo eu sendo vereador posso criar audiências públicas, a gente vai fazer discussão, a gente vai trazer as pessoas para perto. A gente não vai fazer do mandato apenas uma coisa assistencialista, isso meu filho já faz lá, a gente quer trazer vida para essa região, quero ver mais jovens empregados.” – diz o candidato. 

 “Nós temos caminhado na rua e sentido a sede das pessoas de mudança aqui na região e eu me sinto capaz de dar resposta quando estiver no parlamento para essa localidade aqui. É uma missão difícil, árdua, não é para qualquer um, mas acredito que estou preparado, tenho desejo e muita vontade de trabalho.” – lembra Almir.

Se você apoia as ideias de Almir Napoleão, anote o número 27227 e não esqueça de levar a sua caneta e o título até a sua zona eleitoral.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]