Além das quatro linhas: projeto social Bola de Ouro ensina fundamentos básicos de futebol e valores às crianças no Alemão

Na tutela dos professores Webert Machado e de Diogo Chaves Soares, a iniciativa possui parceria com mães e parentes de alunos

Foto: Vilma Ribeiro/Voz das Comunidades

Há um mês, a animação ao som das travas de chuteiras descendo a Rua Paraíso, na área 5 do Complexo do Alemão, Zona Norte do Rio, tornou-se característica comum a todas às terças e quintas-feiras na região. Pois, a partir das 18h, o projeto social Bola de Ouro abre as portas para mais de 50 crianças na comunidade iniciarem as aulas.

Na tutela dos professores Webert Machado e de Diogo Chaves Soares, a turma preenchida por meninos e meninas aprendem os fundamentos básicos do futebol e, aos sábados, os alunos praticam um coletivo na quadra do loteamento da Castrol, às 16h.

“A nossa ideia é ensinar os conhecimentos básicos do futebol, como domínio e toque de bola. São noções que dão um entendimento essencial dentro de campo. Além disso, o esporte ensina muita coisa que vai além das quatro linhas. Vamos formar jogadores, campeões… Quem sabe um Bola de Ouro? Mas, acima disso, pessoas com valores”, destaca Webert.

Bola de Ouro
Entre meninas e meninos, a iniciativa social conta com 55 crianças do Complexo do Alemão.
Foto: Vilma Ribeiro/Voz das Comunidades

É nessa perspectiva de apresentar o que acontece ao redor do mundo da bola que o projeto social surgiu na trajetória de Webert. Morador do Alemão, o professor possui 33 anos e já “fardou” a camiseta de times tradicionais do Rio de Janeiro, como a do Fluminense quando esteve na base do clube de Laranjeiras.

“O futebol sempre fez parte da minha vida. Ensinar os fundamentos e conhecimentos básicos para essas crianças é muito importante. A gente atende 55 alunos e, entre eles, há crianças autistas e com síndrome de down, que possuem uma relação muito boa com todo mundo”, explica.

Além destes destaques, a iniciativa possui parceria com as mães e parentes dos alunos que incentivam os jovens entre um fundamento e outro. Nos intervalos de cada exercício, os alunos contam com refeições coletivas de salgados e doces preparados pelos familiares. Por ser um projeto social, as atividades no espaço do Bola de Ouro envolvem diversas temáticas, como intervenções artísticas.

Bola de Ouro
Na última quinta-feira, os alunos do Bola de Ouro receberam a intervenção artística das “As Branquelas” brasileiras.
Foto: Vilma Ribeiro/Voz das Comunidades.