Atleta de jiu-jitsu do Complexo da Maré faz rifa para disputar torneio em Dubai

Com apenas 11 anos, o multicampeão Gabriel Lima foi selecionado para torneio mundial do esporte.
(Foto: Selma Souza / Voz das Comunidades)
(Foto: Selma Souza / Voz das Comunidades)

“Olá, meu nome é Gabriel, sou morador aqui da Maré. Fui selecionado para lutar em Dubai, em Abu Dhabi. Só que minha mãe só que minha mãe não tem condições de custear a viagem e eu não tenho patrocinador. Por isso, eu estou vendendo rifa no valor de R$10. O prêmio é R$200. O sorteio será ao vivo no meu Instagram. Tem interesse em ajudar a realizar meu sonho?”

Essa era a abordagem que Gabriel Ribeiro de Alcantra Lima, de 11 anos, utilizava ao chegar nas mesas de bares do Parque União, no Complexo da Maré. Conhecido como Mussumzinho, o jovem é um atleta multicampeão de jiu-jitsu e já coleciona várias medalhas dos muitos campeonatos que já participou. O talento de Gabriel já o levou para  diversos campeonatos que participou em diferentes cidades brasileiras e uma nova oportunidade surgiu para o menino dar o maior voo da sua vida até o momento. O campeonato mundial de jiu-jitsu, em Abu Dhabi.

Mesmo tão novo, Gabriel Lima, conhecido como Mussumzinho, já garantiu passaporte e passagem para Abu Dhabi.
(Foto: Selma Souza / Voz das Comunidades)

Quem dá o grande apoio pelo futuro de Gabriel é sua mãe, Cintia Ribeiro da Costa, 36 anos, conta o quanto está realizada ao ver o filho com a oportunidade de viajar para Dubai. “Eu venho de uma família pobre e comecei a trabalhar aos 7 anos, comecei a criar os irmãos muito cedo. Então ver o meu filho chegar em Dubai é uma realização. Só o fato de eu conseguir apresentar um outro lado da vida pra ele, é um canal de bênçãos.” A mãe conta que a parte burocrática já foi superada. Gabriel já emitiu o passaporte e garantiu a passagem de ida e volta de Abu Dhabi. “No momento, estamos juntando uma quantia necessária para ele passar os dias no país. O foco hoje é o transporte, alimentação e hospedagem. Já juntamos um pouco, mas não o suficiente pra manter ele em Abu Dhabi por esses dias de torneio” 

O sorteio da rifa era realizado através do perfil de Gabriel no Instagram, onde o garoto mostrava suas habilidades e treinos. Infelizmente, a conta, que já contava com mais de mil seguidores, foi invadida e encerrada. Ele e a mãe até tentaram reaver o perfil, mas não conseguiram. Então Mussumzinho fez uma nova conta, começando tudo de novo.

Cintia, mãe de Gabriel, dá o maior apoio para o filho no esporte.
(Foto: Selma Souza / Voz das Comunidades)

Instruído pelo professor de jiu-jitsu, Douglas Gentil de Oliveira, Gabriel vê no esporte a chance de mudar de vida e sonha em conquistar o UFC Combate se aperfeiçoando em todas as artes marciais. Junto, traz consigo a vontade de trazer um futuro melhor para ele e para sua família, sobretudo sua mãe que tanto o apoia. Sobre a expectativa para Dubai, o garoto é direto. “É ótima! Espero chegar lá e ganhar o ouro. E que essa seja apenas a primeira de muitas viagens e conquistas. E aproveitar cada vez mais.”

Mussumzinho é habilidoso no esporte e está se preparando ao máximo para disputar o campeonato mundial em Abu Dhabi.
(Foto: Selma Souza / Voz das Comunidades)


O campeonato acontecerá em novembro, mas o menino já está se dedicando. Com uma rotina intensa de estudos na escola e treinos na academia, Gabriel tem tempo para cuidar do irmão mais novo até que a mãe chegue do trabalho. Para acompanhar o trabalho do Mussumzinho, basta acessar o Instagram @gabrielmussum e pra quem quiser cooperar com o jovem atleta, pode ser acessar a Vakinha online dele, no link https://www.vakinha.com.br/vaquinha/me-ajudar-lutar-campeonato-de-jiu-jitsu-em-dubai

Texto: Rafael Costa
Fotos: Selma Souza
Produção: Gustavo Eduardo

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]