Brasil NÃO é o primeiro do ranking mundial de recuperados do Covid-19

Circula nas redes sociais, um suposto ranking com países e suas taxas de recuperação do coronavírus e o Brasil é o primeiro colocado dessa tabela seguido de países como Espanha,

Brasil NÃO é o primeiro do ranking mundial de recuperados do Covid-19

Circula nas redes sociais, um suposto ranking com países e suas taxas de recuperação do coronavírus e o Brasil é o primeiro colocado dessa tabela seguido de países como Espanha, Canadá, Itália, Japão e Estados Unidos. Essa afirmação é falsa. A maior taxa de recuperação é da China, Alemanha e Irã entretanto esses países não aparecem na postagem. Apesar dos números brasileiros apresentados estarem corretos, não é adequado comparar casos entre países com índices de testagem da população diferentes.

No Brasil, por orientação do Ministério da Saúde, os hospitais não testam grande parte dos pacientes, só os internados que apresentam Síndrome Respiratória Aguda Grave. Muitos vão ao hospital e são liberados com a recomendação de ficar no isolamento. Outros nem são atendidos. Sabemos que a subnotificação é uma realidade brasileira, há vários estudos de universidades, que sugerem que o número de casos é 12 ou 15 vezes maior do que o divulgado. Portanto, cientificamente não é pertinente comparar a taxa de recuperação do nosso país, se não sabemos a totalidade dos casos, com países que testam a maioria dos casos suspeitos.