Mãe de jovem morto em chacina no Jacarezinho NÃO aparece em vídeo com armas

Após a chacina realizada no Jacarezinho durante a Operação Exceptis, da Polícia Civil, circula nas redes sociais e em grupos de mensagens instantâneas a imagem de uma mulher protestando contra

Mãe de jovem morto em chacina no Jacarezinho NÃO aparece em vídeo com armas

Após a chacina realizada no Jacarezinho durante a Operação Exceptis, da Polícia Civil, circula nas redes sociais e em grupos de mensagens instantâneas a imagem de uma mulher protestando contra a morte do filho em entrevista pra um veículo de comunicação. O frame da entrevista é acompanhado de um vídeo onde aparece “a suposta mãe” empunhando uma arma de fogo em um churrasco com outras pessoas, que aparecem com outros armamentos. 

A publicação, onde se afirma que as pessoas nas imagens gravadas são as mesmas, contém informação FALSA. A mãe que protesta contra a chacina no Jacarezinho é a dona de casa Adriana Santana de Araújo, que teve o filho morto durante a operação . A Polícia Civil desmentiu que fosse Adriana no vídeo e ainda informou que as imagens não foram gravadas na comunidade da Zona Norte.

A desinformação e compartilhamento deste boato é extremamente perigoso, pois coloca em risco a vida de Adriana e de familiares. Além de ser considerado um crime contra a honra no direito penal.